Livros, Resenhas

‘Lendo e Relendo’ As Peças Infernais Vol. 1 – Anjo Mecânico, Cassandra Clare.

As Peças Infernais série escrita por Cassandra Clare antecedem aos acontecimentos de sua outra série Os Instrumentos Mortais. A história dessa série encantadora se passa na Londres vitoriana no ano de 1878 e mostrar de forma romântica ou nem tanto assim os costumes conservadores e o Mundo das Sombras antes de toda a tecnologia que nosso querido Jace, amado por muitAs, usa para rastrear demônios.

Falarei um pouco mais especificamente de anjo Mecânico, resenha via Skoob:

Anjo Mecânico – As Peças Infernais – Livro 1 – Cassandra Clare

Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.

Eu achei esse livro fantástico, muitos colegas meus que leram, disseram achar melhor do que Os Instrumentos Mortais e que Cassandra Clare teria se superado com Anjo Mecânico. Eu tenho uma opinião fixa desse livro que é o fato de que estou encantada com esta série e não fui muito com a cara do Will!

A história começa com um assassinato misterioso e a partir desse ponto que começam se apresentar os personagens da série e a parte sombria da Londres modificada para a história dos Caçadores das Sombras. Conhecemos Tessa que após a morte de sua tia vai para Londres para se encontrar com seu irmão Nathaniel e tem sua vida transformada. Ao chegar a Londres Tessa é feita prisioneira das Irmãs Sombrias que despertam um poder nela que ela desconhecia totalmente enchendo sua mente de duvidas.

Tessa acaba se infiltrando no mundo das sombras e tem seu coração roubado por um menino chamado Will que é arrogante, bruto, mal-educado, mas devo admitir muito charmoso e misterioso… Já Will só demostra se importar com uma pessoa: Jem, seu melhor amigo e parabatai. Jem tem um segredo que o mata aos poucos e que o envergonha. Tessa conhece outras pessoas como Will e Jem, outros Caçadores das Sombras que a ajudam a procurar por seu irmão e descobrir o que ela é.

Como já era previsto vai ser um triangulo amoroso, os personagens tem sua histórias tristes e fiquei muito curiosa com a do Will. Esse livro não foi tão romance para mim, foi mais um livro de ação, sangue ou peças de metais e descobertas. Eu não demorei tanto para lê como pensava… Acabei tendo uma folguinha por ter tossido o pé jogando basket que me deu duas tardes livres. Tive uma surpresa agradável nesse livro que me motivou a querer chegar no próximo capítulo, quando vi já tinha terminado de lê!

O livro ainda vem recheado de boa poesia com um dos meus poetas favoritos: Tennyson.

Uma das minhas sitações favoritas que aparece no livro:

Meu coração pode virar mó, minha face pedra, 
Trair e ser traído, e morrer: quem sabe? Somos cinzas e pó.

– Maud

Thriller Book:

Beijos, May.

Anúncios

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s