Lançamentos

[NEWS] Seguinte e os resquícios da Bienal do Livro de São Paulo

Seguinte e as vendas na Bienal

Desde que a Bienal terminou, e até mesmo antes de terminar, algumas editoras vinham se vangloriando do percentual de vendas obtido e quais exemplares ganharam super destaque na feira este ano. Então, por que não repassar aos que não foram uma ideia do que foi a Bienal do Livro? É por isso que eu volto a escrever hoje, depois dessas merecidas férias, mas retorno em breve com minhas impressões da Bienal e os livros que entraram na minha estante!

Quem acha que a Seguinte é só Kiera Cass, está quase certo! Kiera Cass foi, com certeza, um dos pontos altos da Bienal. E quem não a conhecia, ou não conhecia A Seleção, acabou levando o seu exemplar para casa. Isso refletiu bastante nas vendas no estande da Companhia de Letras, ao qual o selo Seguinte está integrado. E para os fãs, Kiera fez o anúncio de mais dois livros, para a então trilogia A Seleção. E a editora confirmou a publicação de ambos, e mais um livro, Diário da Seleção. Nele, os fãs da série encontrarão uma atividade relacionada aos livros para cada dia do ano.

Quem roubou a cena foi – o lindo e depressivo – Carta de Amor aos Mortos. Foi o livro mais vendido no estande da Companhia das Letras! Em nota: “O romance é narrado através de cartas que a protagonista, Laurel, envia para ídolos como Kurt Cobain e Amy Winehouse, visando desabafar sobre a morte da irmã, a família despedaçada e a mudança de colégio. O livro será adaptado para o cinema pelos mesmos produtores de A culpa é das estrelas”. Só podemos esperar que a adaptação seja maravilhosa, e ler, quem não o leu.

A editora ainda anunciou seus futuros lançamentos: Voos e sinos e misteriosos destinos, de Emma Trevayne; Mundo novo, de Chris Weitz; e, Mentirosos, de E. Lockhart. Mas que título é esse: Voos e sinos e misteriosos destinos? Tem uma melodia própria! A capa por si só é uma obra de arte! E se não fosse por tudo isso, a sinopse dá o gosto perfeito para querer saber mais!

Voos e Sinos e Misteriosos Destinos

VOOS E SINOS E MISTERIOSOS DESTINOS
Emma Trevayne
Nesta fábula moderna, com gosto das aventuras clássicas que encantam os jovens leitores há tantos anos, conhecemos a história de Jack Foster, um garoto de dez anos que, como qualquer um da sua idade, sonhava viver grandes aventuras. Ele morava em Londres mas estudava em um colégio interno, voltando para casa apenas nas férias, quando ficava completamente entediado.
Mas, um certo dia, Jack atravessa uma porta mágica e, do outro lado, encontra uma cidade ao mesmo tempo muito parecida e muito diferente daquela que conhecia. Em Londinium, apesar de reconhecer as ruas e prédios, ele encontra um cenário steampunk, com engrenagens e fuligem por todos os lados. Por ali era raro encontrar alguém que não tivesse nenhuma parte do corpo feita de metal. E era justamente isso que a Senhora – uma mulher rígida e temperamental que governava a cidade desde sempre – buscava: um filho de carne e osso.
Jack logo descobre que aquele lugar era extremamente perigoso, e que voltar para casa não seria tão fácil quanto tinha sido chegar até ali…

Foi isso por hoje, ajudem o blog comentando e divulgando nas redes sociais!

Beijos, May.

Anúncios

4 thoughts on “[NEWS] Seguinte e os resquícios da Bienal do Livro de São Paulo”

  1. Não sei se eu tô doido, mas a história desse ‘Voos’ é muuuito parecida com o Coraline, do Gaiman… Mundo paralelo + Todo mundo com uma parte de metal (no Coraline, todos tinham olhos de botão, né?) + Mulher malvada querendo o protagonista para si própria… Sei não, hein. Bah! Crucifiquem-me. Mas a capa, eu preciso admitir, é um colírio para os olhos. É a segunda vez que a Seguinte me surpreende com capas… a primeira vez foi com ‘Aristóteles e Dante…’, no qual, claro, os créditos da arte são do livro original.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Fê,
      Acho que nunca li Coraline… Mas realmente me sentio atraída por essas dimensões nos livros. Adoro o Gaiman e, se não me engano, Coraline foi um dos seus grandes sucessos. Sobre o Aristóteles e o Dante, eu sempre irei achar a capa americana poluída! Achei muito boa a decisão da Seguinte de deixat a capa mais clean.
      Beijos!!

      Curtir

    1. Oi Waleska!
      Eu não sou tão fã dela, mas que mulher incrível e sensível! Ela podia não entender o que os fãs estavam falando, mas era como se ela conseguisse sentir no âmago todo amor que os fãs tem por ela!
      Como disse, ela é incrível. Sensacional!
      Beijos, May.

      Curtir

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s