NEWS

Machistas não passarão!

wpid-img-20151025-wa0004.jpg

Não há nada melhor que colocar 7 milhões de aspirantes a universitários para discutir um tema que divide águas, é polêmico e ao mesmo tempo visivelmente depreciado. Já ouviu a frase: o Brasil é um pais machista? Deve ter ouvido, sim. Talvez você tenha concordado ou, quem sabe, não pôde concordar por achar que isso já não existe mais. O que os olhos não vêem, o coração não sente. Se você pensa assim, desculpa, mas vou acabar com suas lentes cor de rosa e fazê-lo da melhor maneira ter uma visão menos estreita do assunto. Agora, se você é machista mesmo, assumido, não poderei culpá-lo e só posso dizer que tanto você quanto eu, mulher, somos vítimas de uma sociedade machista. E você será para sempre uma pessoa limitada.

Depois da bomba que foi o tema da redação do Enem 2015, a guerra entre ignorantes e Feministas foi desencadeada e a primeira batalha está sendo travada pelas redes sociais. Aqueles políticos bem conhecidos nossos por suas idiotices crônicas, tais como cura gay e a tradicional família brasileira, colocaram os dedinhos para funcionar logo e já causaram revolta e asco em muita gente. Não entendo como pode haver pessoas que votam nesses tipinhos. Com certeza, deve ser o mesmo que defende a cultura do estupro ou ainda que pensa que mulher que se prese tem de estar prenhe, descalça, com o bucho no tanque, e que se respirar muito profundo merece uns sopapos.

wpid-img-20151025-wa0001.jpgMas você acha bonito receber cantada de pedreiro, ser assediada no ônibus, receber um salário menor do que os homens em mesma posição que você recebem, não poder usar a roupa do comprimento que quiser e não poder sair à noite, já que se acontecer algo, foi porque você que pediu, não poder almejar ter um salário maior que o do seu companheiro/marido, ser subversiva aos caprichos e costumes da ideal dona de casa…

Obedeça, mulher, eu sou o homem da casa e você deve lamber minhas botas.

Lugar de mulher é na cozinha.

Filho meu não vai ser bicha coisa nenhuma.

O que falta pra essa mulher é uma rola.

Essa teve o que pediu…

Vamos mudar o foco um pouco e apresentar alguns aspectos desconhecidos para a maioria:

  1. Feminismo não é sobre a submissão do homem:

Machismo é o comportamento, expresso por opiniões e atitudes, de um indivíduo que recusa a igualdade de direitos e deveres entre os gêneros sexuais, favorecendo e enaltecendo o sexo masculino sobre o feminino. O machista é o indivíduo que exerce o machismo.

O feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem o ideal contrário ao do machismo, pois luta pela igualdade de direitos e deveres entre os homens e as mulheres. [O feminista é o indivíduo que exerce o feminismo].

Fonte: Significados

2. Mulheres podem ser machistas e homens podem ser feministas:

Faz parte da sociedade ter uma cultura que é transmitida a todos, homens e mulheres. Assim como um homem que vê uma mulher com saia de comprimento X diz que ela está pedindo para ser estuprada, uma mulher que vê outra de roupa curta também julga de mesma forma. Não é nada de outro mundo; é muito fácil olhar e dizer “Aquela ali parece uma vagabunda vestida assim”.

Eu tenho amigos do gênero masculino que são feministas, eles ficaram extremamente felizes com o tema da redação. A ignorância foi usurpada deles, eles lutam pela igualdade dos gêneros, pela quebra de esteriótipos e muitas outras causas afins. A maioria deles é homossexual, sofrem desde que nasceram com o machismo. Oh, mas pera aí, eles são homens, não são?!

3. Não só as mulheres são vítimas da sociedade machista:

Homem que é homem tem que estar no sofá, coçando o saco, tomando cerveja e assistindo o futebol. Homem que é homem não ajuda nos deveres de casa. Homem que é homem tem que pagar a conta, colocar a mulher numa bolha e nunca, jamais, deixar ela superá-lo. Homem que é homem tem que ter ego frágil, odiar mulheres poderosas e decididas. Ser macho com M maiúsculo. Defender que família é homem e mulher, mas a amante e os bastardinhos que se fodam. Cozinhar, de jeito nenhum. Usar rosa, coisa de menina. Desenhar roupas, enterra primeiro. Dançar balé, infarto no miocárdio.

A luta pela igualdade dos gêneros é uma causa para os dois gêneros defenderem. Os homens também são afetados pela sociedade machista que impõe limitações e torna vários presos a ciclos viciosos de ódio e ignorância. A distinção de gênero é o princípio de vários dos males sociais que enfrentamos: homofobia, cultura do estupro, violência doméstica… É tanta merda que se você for pensar, realmente pensar, vai parar com essa de “isso não existe”.

Sobre a questão que citou Simone de Beauvoir no sábado:

Muitos ‘machistas’ e pessoas que precisam urgentemente voltar pro fundamental estão usando erroneamente a frase: Ninguém nasce mulher, torna-se mulher. Faltou interpretação de texto procês viu! Para Beauvoir, ser mulher está ligado aos direitos e deveres que a sociedade decidiu e impôs ao ser do sexo feminino, o posicionamento desta está fora de suas mãos.

wpid-img-20151025-wa0005.jpg

Não fiz ENEM esse ano, vocês não sabem o quanto estou decepcionada por isso. Eu teria sido uma daqueles que riu quando viu o tema da redação e quase fez dancinha da vitória. Acho que nada me impede de escrever uma redação super caprichada e enviar pro MEC de presente, ou até você aí que ficou a fim de falar do tema. Ou podemos deixar aqui mesmo o que pensamos, seja qual for seu posicionamento, sobre qualquer ícone feminista que te inspira.

Eu (re)indico a leitura do discurso Sejamos Todos Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie, ou, se preferir, assista o mesmo durante a apresentação no TED. Esse é um dos discursos que mais me emociona, ele abriu muito meus olhos para o que é ser feminista e como o machismo afeta não somente as mulheres. A solução que ela propõe é simplicista: crie seus filhos sem essa visão ultrapassada, sem restringi-los pelo seu gênero.

Tinha mais coisa pra dizer, mas por hoje basta. Até mais. May.

Anúncios

6 comentários em “Machistas não passarão!”

  1. Esse TED da Chimamanda é de um tapa com luva de pelica. Não é necessário levantar a voz, brigar, xingar. A melhor coisa são os argumentos bem postados e claros. Gosto também do discurso que ela fez para a turma de 2015 da Universidade de Wellesley. Este é simplesmente maravilhoso! Excelente post, Mayara. Parabéns!

    Curtir

  2. Eu escrevei um comentário enorme, e aí quando fui postar a NET fez o trabalho de cair e agora fiquei com preguiça. Juro que se tivesse feito a redação eu teria citado o discurso da Chimamanda. Se alguém fez isso, vai tirar uma boa nota. Fiquei com uma pontinha de inveja do tema desse ano. E é mesmo execrável o fato de, em pleno século 21, ainda existirem pessoas com mentes feudais e concepções provincianas de mundo. Machistas, a mamata acabou! Aceitem que dói menos… Pelo direito da mulher de ficar sentada no sofá, coçando a perseguida, tomando uma breja e assistindo ao que lhes der na telha… o/

    Curtir

    1. Cara, isso sempre acontece comigo! Faz aquele super comentário, pelo celular ainda, aí quando vou postar a merda toda apaga… É a pior sensação do mundo, não se compara nem quando se perde o trabalho da faculdade. Eu teria citado Chimamanda também. Ela é tipo a Beauvoir do século XXI. Só que mais bem da cabeça. Essa coisa de poder coçar a perseguida e assistir a merda que quiser tem relação a criar seus filhos, não sei lavar louça, nem roupa, nem cozinhar, gosto de tomar cerveja e assistir futebol… Não fui criada pra ser a dona de casa perfeita, a esposa perfeita ou qualquer coisa que me limite. Se deu mais ou menos certo pra mim, também vai dar certo pros meus filhos.

      Bjs

      Curtir

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s