Livros, Resenhas

RESENHA: Pequena Abelha, Chris Cleave

6tag_070516-140106

Depois de ler este livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como esta narrativa se desenrola.

 Esta é a instrução dada na sinopse do livro, e realmente assim que eu o terminei decidi que precisava vir aqui contar a vocês, meus amigos. Prometo que tentarei me limitar ao básico do básico, sem entregar o desenrolar da história a vocês.

untitled

Pequena Abelha

Chris Cleave

R$ 29,00 até R$ 39,90

Ano: 2010 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Intrínseca

 

Não queremos lhe contar O QUE ACONTECE neste livro.

É realmente uma HISTÓRIA ESPECIAL, e não queremos estragá-la.

AINDA ASSIM, você precisa saber algo para se interessar, por isso vamos dizer apenas o seguinte:

Esta é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então, uma delas precisa tomar uma decisão terrível, daquelas que, esperamos, você nunca tenha de enfrentar. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo começa…

Depois de ler este livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como esta narrativa se desenrola.

Pequena Abelha foi lançado em 2010 aqui no Brasil, e eu nem sabia de sua existência. Foi neste ano que por acaso o vi nas prateleiras de uma livraria e sua capa, que achei linda de cara, me chamou muito a atenção, esta sinopse mais ainda. Decidi que eu TINHA que ler este livro, então quando o recebi da Intrínseca fui direto ler.

Uma cicatriz não se forma num morto. Uma cicatriz significa: ‘Eu sobrevivi’.

Este livro trás mais uma vez uma temática da qual eu nunca tive tanto interesse em ler, uma temática que trata sobre a humanidade em si. A Intrínseca tem me surpreendido com isso, me despertou a vontade de ler uma temática que não era do meu interesse, começou quando li Estação Onze (resenha aqui: ) e agora novamente com Pequena Abelha. São livros diferentes, mas que em seu íntimo tratam da mesma coisa: o ser humano. Em Pequena Abelha evidenciamos o aspecto da generosidade com o outro. Algo lindo de se ver.

A disciplina que aprendi foi esta: sempre que vou para um lugar novo, procuro descobrir como poderia fazer para me matar ali.

O autor de Pequena Abelha, Chris Cleave, se diz incompreendido, por ser conhecido por suas histórias tristes. Ele diz que na verdade o que ele deseja demonstrar é a generosidade que existe no ser humano e como poderíamos fazer da Terra um paraíso. Tentando assim sempre refletir sobre os extremos da vida em seus livros.

Esse é o problema da felicidade – ela é toda construída em cima de alguma coisa que os homens querem.

Descobri pela internet da vida que Pequena Abelha estava sendo adaptado para os cinemas e com nossa querida Nicole Kidman como uma das protagonistas. Acontece que depois de saber disso fui atrás do filme, trailer, DVD, informações e simplesmente não encontrei nada mais. Acredito que não chegou a ser concluído. Caso você leitor saiba de algo eu agradeceria se deixasse nos comentários!

Porque a vida é extremamente curta e não dá para dançar escutando os assuntos da atualidade.

Então o que mais posso dizer para despertar seu interesse na leitura sem contar sobre ela… Que tal se eu disser que o filho da protagonista passa o livro inteiro usando uma roupa de Batman? Hahaha, é isso ai, o pequeno Charlie usa a roupa de Batman 24h por dia, a mãe dele troca a roupa por outra igual quando ele tira para tomar banho sempre e ele volta a vestir a roupa do Batman. Ele se diz ser o Batman e só responde se chamado de Batman e ainda vive em seu jardim enfrentando seus inimigos!

A felicidade não é uma coisa que se apanha numa prateleira, é algo que se precisa conquistar.

 

WP_20160510_10_34_15_Pro

Não se pode enxergar além do dia porque vocês levaram o amanhã. E porque vocês tem o amanhã diante de seus olhos, não enxergam o que está sendo feito hoje.

Então é isso pessoal, deixei várias citações do livro aqui na resenha para ajudar um pouco, já que não devo contar muito. Leiam, tenho certeza que não vão se arrepender, eu não me arrependi nem um pouco.

As pessoas se perguntam de que maneira algum dia poderão mudar suas vidas, mas isso na realidade é incrivelmente fácil.

Bjs e até a próxima!

Roh

Anúncios

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s