Livros, Resenhas

|RESENHA|Escândalo de cetim, de Loretta Chase

SAMSUNG CSC

Olá,

Tem jeito melhor de terminar o ano, para nós leitores, do que com um bom livro? Eu acho que não, já até selecionei um livro para a virada de ano. Na verdade, eu tinha separado Escândalo de cetim, mas Loretta é Loretta, e foi impossível esperar. Além de Loretta Chase ser a minha autora favorita de Romances de Época, no primeiro livro da série As modistas, Sedução da seda, foram-nos apresentadas as três anti-convencionais irmãs Noirot, que vêm de uma longa linhagem de vigaristas, e são proprietárias de um refinado ateliê em Londres, a Maison Noirot. Elas têm um objetivo muito ambicioso, vestir as damas da nobreza e, assim, tornar a Maison Noirot um referencial da moda. E farão o que preciso for para isso, desde usar suas aptidões de manipulação e espionagem até… Bem, os Noirot poucas vezes conhecem um limite.

CONTÉM SPOILERS DE SEDUÇÃO DA SEDA

Em Escândalo de cetim, segundo volume da série As modistas, Sophia Noirot mostra que há pouco que elas não farão para alcançar seus objetivos. Após a irmã mais velha de Sophia, Marcelline, casar com o duque de Clevedon — não bastando toda a repercussão do casamento de um nobre com uma lojista —, a mãe de sua cliente mais importante e quase futura noiva por anos do referido duque começa a fazer propaganda negativa da loja entre as damas. Não bastasse isso, a tal cliente importante (e amiga) — Clara Fairfax — se envolve em um escândalo com um barão que não tem onde cair duro em frente de toda a alta sociedade londrina. E, para piorar, a Trapos (loja concorrente) volta a abrir as portas, apesar dos esforços das irmãs Noirot. Sophia é a mais indicada para resolver essa situação, pois ela não só desenha os chapéus mais elegantes como também tem um dom para planos infalíveis, espionagem, escrita extremamente elaborada e disfarces.

Conde Logmore, irmão de Clara, precisa de ajuda urgente para salvar a reputação de sua irmã e evitar que ela se case por causa de uma lapso momentâneo com um homem que claramente a seduziu e a expôs de propósito por seu dote. Ele não acredita muito que Sophia possa ajudar de alguma forma, mas se tem alguém que pode resolver isso é ela, e a mesma se oferece prontamente para dar um jeito na coisa toda. Parece até que ele é sensato ao pensar nisso, mas não se enganem, Longmore é um troglodita, sem modos, não muito inteligente, insensível, pouco sutil, sedutor, charmoso, alto, porte atlético, moreno, bonito e sensual. Além de conseguir ajuda para a irmã, Longmore vai poder passar mais tempo com a misteriosa e cativante Srta. Noirot como seu ajudante em um grande e desafiante plano, algumas pequenas trapaças e excursões de espionagem, e talvez, com sorte, ele consiga seduzi-la. Isso tudo em meio a muitas brigas, desavenças, divergências de opinião e até alguns socos.

Longmore é do tipo muito músculo e pouco cérebro, o que o faz fugir de ser um completo clichê é com certeza seu humor. Ele não ri de coisas bobas ou faz piadas sem noção, mas sabe apreciar com requinte as peripécias no caminho. Bom para ele ter encontrado uma mulher que é seu oposto, e maquiavelicamente perspicaz. Sophia também se deu muito bem nessa história; um homem como Longmore, que está sempre disponível a participar de suas empreitadas e ainda apreciá-las com tanta alegria, é difícil de encontrar. Mas o felizes para sempre deles vai ser um pouco difícil, parece até impossível. Se ela aceitar suas investidas, é muito provável que a Maison Noirot vá à falência, a mãe de Longmore muito provavelmente nunca iria aceitá-la e só parece improvável demais para os dois. Eles vão precisar de muito mais que essa química incrível que eles sentem um pelo outro; vão precisar de praticamente um milagre.

A trajetória pode ser difícil — você pode até chorar e sofrer —, mas vai dar tudo certo e você estará com um sorriso sonhador no final, porque isso é um Romance de Época. Contudo, como eu disse, Loretta é Loretta, você vai se apaixonar por esses personagens, gargalhar bastante, torcer a todos os momentos pela Sophia e o Longmore, e tentar imaginar cada detalhe de cada vestido e chapéu — o que é preciso de uma mente extremamente criativa. Loretta Chase cria personagens cativantes, que ultrapassam as convenções e que nos levam a repensar vários conceitos. Longmore tem aquele traço comum dos heróis de Loretta Chase; ele distribui comentários machistas e pensamentos retrógrados — que eram (e ainda são para alguns) uma noção comum em relação às mulheres —, contudo, Sophia sempre o faz reconsiderar com respostas insolentes e ações impensáveis. Ainda, sua história é inteligente e seus diálogos são brilhantes e divertidos, o enredo flui e leva o leitor em um ritmo extraordinário. E, sem dúvida, Loretta Chase é mestre em tramar uma história de amor a ser gravada para sempre em nossas memórias.

CITAÇÕES

” – […] É fácil reconhecer o trabalho dela no Spectacle. Um enorme fluxo de palavras sobre fitas, laços, rendas e pregas aqui e franzidos acolá. Nenhum fio de linha deixa de ser mencionado.

Ela também percebe gestos e aparências – acrescentou Clevedon. – Ninguém conta uma história como ela. 

– Sem a menor sobra de dúvida – concordou Longmore. – Uma jovem cheia de adjetivos e advérbios.”

Longmore e Clevedon sobre Sophia, p. 18

” – Ela tem centenas de nomes, isso depende da conveniência. Não tente aprender todos eles. Só vai lhe dar dor de cabeça.”

Longmore sobre Sophia para Fenwick, p. 77

” –Truques fazem parte do seu departamento, Srta. Noirot. O meu é distribuir socos. Mas fico lisonjeado pela senhorita imaginar que sou esperto o bastante para enganá-la.”

Longmore, p. 79

” – Isso é algo que eu jamais faço. E é preocupante… Talvez tenhamos feito uma daquelas coisas pequenas e cor-de-rosa que se movimentam muito e urram a noite inteira.

– Um bebê?”

Longmore e Sophia, p. 179

” – O truque é acreditar enquanto você finge, mas voltar a ser você mesmo assim que sai do palco.”

Sophia, p.228

E o fim, esse fim é perfeito! 

LEIA TAMBÉM


escandalos_de_cetim_1476478893619993sk1476478893bTítulo: Escândalo de cetim (As modistas; 2)

Autor (a): Loretta Chase

Editora: Arqueiro

Edição: 1 ed.

Ano: 2016

Páginas: 272

Skoob: Adicione!

Compre: Amazon


Beijos, May.

Livros, Promoções

|Minha Black Friday| Roh

wp_20161204_11_03_17_pro

E lá se foi a tão aguardada Black Friday, todos mais felizes e mais pobres, normal. Eu geralmente não aproveito muito a Black Friday por motivos de nunca guardar dinheiro para gastar nesses maravilhosos dias de promoção, desta vez eu tinha algum dinheiro! haha, eu tentei evitar comprar livros sabe, pois estou cheio deles para ler em casa já, mas não pude evitar, agora segue para vocês minha pequena curtição de Black Friday:

wp_20161204_11_06_32_pro

Promoção é algo sempre bom para aproveitar e completar aquela coleção de livros que falta alguns, então eu não poderia deixar de comprar alguns livros de A Garota do Calendário. Eles não estavam tão mais baratos que o normal mas valia apenas, cada um saiu por apenas R$14,80, o que achei algo bom.

wp_20161204_11_05_24_pro

A Garota do Calendário – Abril

Audrey Carlan

Ano: 2016 / Páginas: 160
Idioma: português
Editora: Verus

 

“Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.”

 

wp_20161204_11_05_42_pro

 

A Garota do Calendário – Maio

Audrey Carlan

Ano: 2016 / Páginas: 144
Idioma: português
Editora: Verus

 

“O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.”

 

Outro lado bom da Black Friday é aproveitar aquela promoção para comprar aquele livro que já faz um tempão que você quer comprar mas o preço nunca abaixa! Foi assim que FINALMENTE consegui comprar este livro pelo qual sempre estive louco para ler.

wp_20161204_11_08_10_pro

Will&Will é um dos meus livros mais favoritos no mundo e o Me abrace mais forte é um daqueles livros extras, nele podemos acompanhar o roteiro da peça teatral de Tiny Cooper, um dos grandes destaques de Will&Will, e nossa, como eu estava louco por esse livro, parece que alguém vai furar a fila de leitura rs.

wp_20161204_11_07_42_pro

 

Me Abrace Mais Forte

David Levithan

Ano: 2015 / Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Galera Record

 

“Do universo de Will & Will: Um nome, um destino, conheça a história de Tiny Cooper em um fabuloso musical Uma novela musical do universo de Will & Will – um nome, um destino, escrito em parceria com John Green e o primeiro livro juvenil com protagonista gay a figurar na lista do New York Times. Em Me abrace mais forte, o personagem Tiny Cooper, um dos mais carismáticos da trama, disponibiliza o roteiro do musical que acompanha sua trajetória: do berçário até o ensino médio. Com participação especial do fantasma de Oscar Wilde, o roteiro revela os detalhes da vida amorosa de Tiny, seu relacionamento com seus vários ex-namorados, a amizade com a babá lésbica, a relação com os pais e o encontro com o amigo Will Grayson. • Will & Will: Um nome, um destino já chegou a 19ª edição e vendeu mais de 150 mil exemplares. • Me abrace mais forte é um dos livros mais pedidos nas redes sociais da Galera.”

 

E o quarto e último livro que comprei na Black Friday se encaixa naquela categoria de “minha amiga enche o saco falando que é bom”, rsrs, é o caso de Apenas um garoto que a May SEMPRE fala super bem e recomenda horrores o livro, até que eu vi que estava em um preço acessível e tive que comprar, afinal se ela recomenda tanto é por que deve ser bom mesmo.

wp_20161204_11_08_54_pro

 

Apenas Um Garoto

Bill Konigsberg

Ano: 2016 / Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Arqueiro

“Rafe saiu do armário aos 13 anos e nunca sofreu bullying. Mas está cansado de ser rotulado como o garoto gay, o porta-voz de uma causa.

Por isso ele decide entrar numa escola só para meninos em outro estado e manter sua orientação sexual em segredo: não com o objetivo de voltar para o armário e sim para nascer de novo, como uma folha em branco.

O plano funciona no início, e ele chega até a fazer parte do grupo dos atletas e do time de futebol. Mas as coisas se complicam quando ele percebe que está se apaixonando por um de seus novos amigos héteros.”

Eu diria que foi uma bela Black Friday para mim, não foram descontos exorbitantes e eu não podia gastar tanto mas deu para aproveitar escolhendo bem. Ano que vem quem sabe eu consigo fazer aquele pé de meia e guardar mais um pouco para aproveitar melhor!