TAGS

|TAG| E Os Bridgertons viveram felizes para sempre…

tag-dos-bridgertons-2

Queridos leitores,

Com o lançamento de E viveram felizes para sempre, chega ao fim a série Os Bridgertons, da renomada, adorada e amada escritora de Romances de Época, Julia Quinn. Foram 9 livros com muitas personagens marcantes, bailes, vestidos e escândalos. Pode até parecer muito definitivo, e até seria, mas a editora Arqueiro confirmou a publicação de diversas séries da autora, sendo que os quatro livros de Quarteto Smythe-Smith serão publicados de uma só vez em fevereiro e, ainda, a própria Quinn fará turnê no Brasil em março para divulgar os novos livros.

Para comemorar o fim da série e as próximas que virão, o blog Silêncio Contagiante – com o apoio moral e dicas dos Mediadores Divos Arqueiro – criou esta tag, com o intuito de mobilizar os fãs da série Os Bridgertons para responder simples questões que revelam o nosso amor por essa brilhante família.

Como toda tag, esta tem algumas regrinhas:

  1. Anexar a arte principal (quadrada e paisagem);
  2. Linkar o blog criador e o blog que o indicou;
  3. Indicar outros fãs da série Os Bridgertons para responder; e,
  4. Pode ser respondido tanto em blogs como em páginas no Facebook e perfis no Instagram, contanto que responda e siga as outras regras.

“Os Bridgertons são, de longe, a família mais fértil da alta sociedade. Essa qualidade da viscondessa e do falecido visconde é admirável, embora se possa dizer que suas escolhas de nomes para os filhos sejam bastante infelizes. Anthony, Benedict, Colin, Daphne, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth. É claro que a organização é sempre algo benéfico, mas seria de esperar que pais inteligentes fossem capazes de manter os filhos na linha sem precisar escolher seus nomes em ordem alfabética.”

CRÔNICAS DA SOCIEDADE DE LADY WHISTLEDOWN,

26 DE ABRIL DE 1813


1. Essa é difícil: quem é seu Bridgerton favorito?

the_bridgertons_by_bechedor79-d4rmhmz

Ai, nossa, me perdoe Colin! Tenho uma dupla dinâmica para esta resposta: Gregory e Hyacinth. Os dois caçulas juntos são pura confusão, e quando separados eles continuam praticamente a mesma coisa. Eu adorei o Gregory. Ele é tão dramático, exagerado mesmo, meio romântico e cabeça oca. Já Hyacinth é dramática também, só que manipuladora, sagaz, cheia de opinião e bastante impetuosa. Por eles serem os mais novos, sempre foram muito de brigar, aplicar trotes um no outro e aprontar muito. Eles cresceram, mas não deixaram de trocar farpas e estarem sempre um ao lado do outro quando um deles precisar.

2. Mergulhei nas páginas: qual é seu livro favorito?

foto-banner-resposta-2

Quando eu comecei a projetar a tag, tinha uma resposta bem diferente para esta pergunta. Na verdade, para outras quatro também… Então, li E viveram felizes para sempre. O livro reúne os segundos epílogos da série e o conto O florescer de Violet. O volume me levou a perceber que realmente gosto muito dos Bridgertons, e não só da autora Julia Quinn, por ser uma pessoa tão maravilhosa. Além de rever muitos personagens do início da série, com os quais eu tinha perdido o contato (o que tornou esse livro o meu favorito), o fato dos Bridgertons mesmo depois de décadas ainda serem tão unidos, assim como finalmente poder conhecer um pouco mais do Edmund. A Hyacinth também roubou muito a cena com seu jeito único e peculiar, proporcionando uma situação que fundamenta a questão 1.

3. Feitos um para o outro: quem merece o título de casal perfeito?

o-conde-enfeiticado

Francesca e Michael… porque sim. Hahahha… Okay, O conde enfeitiçado era para ser o meu livro favorito e a Penelope e o Colin o meu casal. Só que eu tive um insight, lendo você já sabe o quê, e foi bem esclarecedor. Vejamos, eu gosto de O conde enfeitiçado porque ele fala sobre você amar alguém que você não pode ter. Também, porque ele me diz que a amizade é importante nos momentos difíceis e, sem ela, os fardos são mais pesados e as dores piores. Ele mostra que não importa a mágoa, sempre haverá amparo, companheirismo e aceitação. Não obstante, esse livro revela que é possível ter um segundo grande amor, um amor diferente, não maior ou menor. E isso tudo é referente ao casal do livro, Francesca e Michael.

4. Me abana: quem é seu protagonista masculino predileto?

para-sir-phillip-com-amor

*suspiros*

Uma coisa que eu não posso negar: Julia Quinn consegue fazer os heróis dela serem esplendidos, o que torna muito difícil escolher só um. Será que é o Simon, de O duque e eu, que precisou superar a gagueira, o ódio que nutriu pelo pai por toda a vida e ainda depois da morte do mesmo? Ou talvez Anthony, que tinha a certeza de uma morte iminente como resultado do traumático falecimento do pai? Ou ainda, Colin, que não tinha confiança em si e em sua vocação? Poderia Phillip (ahhh, Phillip…), tão distraído da vida – a não ser que seja uma planta -, que não tinha nenhuma ideia de como criar seus filhos após o suicídio da primeira esposa e ser um bom pai? Sem falar de Gareth, filho de sua mãe, mas não de seu pai, um bastardo que com a morte do irmão, herdará um título que nunca deveria ser dele? Como eu disse, essa questão é muito difícil, e, mesmo que Benedict seja o que possui o título de um perfeito cavalheiro, não ajuda muito.

5. Estilo mulher maravilha: que é sua protagonista feminina predileta?

os-segredos-de-colin-bridgerton

Porque ela cresce, se impõe e possui a identidade de quem toda Londres sempre quis conhecer, Penelope. Penelope, nossa querida, tímida e mal vestida, que evoluiu drasticamente. Nos três primeiros livros da série, ela praticamente se mescla nos cantos dos salões de bailes e aí, senhoras e senhores, em Os segredos de Colin Bridgerton, ela revela outra faceta.

6. Roubou a cena: quem é seu coadjuvante predileto?

a-caminho-do-altar

Lady Danbury, nossa old lady sem papas na língua. Como ela diz, quando você chega a uma certa idade já não precisa se preocupar com o que diz, as pessoas vão achar que você está senil. Saiba que ela é bem terrível, a prova disso é que Hyacinth gosta muito dela e Lady Danbury gosta muito de Hyacinth também.

7. Sai daqui: quem é o pior personagem na sua opinião?

um-perfeito-cavalheiro

Eu não era a maior fã da Eloise, mas agora eu a aceito. Contudo, eu desejo tudo de ruim em dobro nessa vida e na próxima para a madrasta e a irmã de Sophie, Aramita e Rosamund. Espero que as duas tenham o que mereçam: a morte seria muito fácil.

8. Melhor cenário: qual lugar que você adoraria conhecer?

chbruton

Quem leu essa série e não se apaixonou pela Violet? Ela adora ter seus filhos por perto, suas noras e genros, netos de sangue e de coração, suas amigas e por quem mais ela tiver afeto. É claro, que se ela consegue sempre deixar o Colin de estomago cheio, eu adoraria tomar chá no Número 5, da Bruton Street. Por coincidência, este mesmo local é um pub!

9. Final perfeito: quem teve o melhor e viveram felizes para sempre?

um-beijo-inesquecivel

Duas palavras: justiça poética. Eu poderia ter escolhido um final emocionante, que me levou às lágrimas e me deixou com uma ressaca literária por dias, mas sejamos justos: nada foi mais gratificante, depois de tudo que essa criatura já aprontou, ver a Hyacinth jogada no chão do banheiro procurando as joias mesmo depois de dez anos. E, olha como é o carma, tendo uma filha exatamente como ela, que sabe onde as referidas joias estão, mas que prefere mantê-las onde as encontrou sem dizer nada a ninguém.


Gostaram? Eu adorei isso, minha gente! Foi ótimo relembrar, e estranho também. A memória é algo inusitado, em alguns momentos senti o coração apertar quando lembrava de uma personagem, cantarolei uma música que estive ouvido durante um dos livros, sorri da competitividade nata dos Bridgertons. Espero que quem responder também sinta isso, é maravilhoso.

Participantes e indicados para responder a tag:

Fique à vontade para responder a tag você também!

LEIA TAMBÉM:

Beijos, May.

Anúncios

8 thoughts on “|TAG| E Os Bridgertons viveram felizes para sempre…”

  1. Ai May ❤️ Adorei com essa tag,chorei de saudades,chorei de rir com as deliciosas lembranças e com a sua referida “justiça poética” de Um Beijo Inesquecível (devo admitir que li ouvindo sua voz e foi realmente hilário te imaginar chamando a Hyacinth de criatura),e foi realmente maravilhoso relembrar tudo que passei com os Bridgertons.E chorei de inveja também e dei uns belos beijos no meu celular com seu livro adesivado com “Signed By the Author”.Parabéns!

    Curtir

    1. Nossa, Yasmin, muito obrigada! Nem sei bem o que te dizer, mas que você também responda a tag é meio óbvio. Ela foi feita de mim, que sou uma fã fanática de Julia Quinn e Romances de Época para outros fãs inveterados do mesmo. Começe a fazer seus contatinhos, vê quem mora em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo ou BH, pra conseguir os seus autógrafos também!! ainda estou decidindo se vou chorar e me jogar no chão para ir vê-la ou se choro e me jogo no chão pra uma amiga minha ir autografar por mim em Brasília ou minha prima em São Paulo. E muito muito obrigada mesmo pelo comentário, volte sempre!
      Beijos, May.

      Curtir

  2. Sim , gosto do Collin ,Penélope também concordo,mais ainda estou concluindo a coleção. Amo todas as personagens femininas todas as frente de seu tempo. E os bailes fico imaginando como seria se fosse hoje, no mínimo não tinha cartão de dança, a moça já chegaria com os nomes no celular
    O imaginário kkkkk

    Curtir

    1. ADOREI! Nem consigo elaborar um todo sobre isso, Michelle. Você está colocando coisas na minha cabeça…. Já imaginou eles marcando para fugir para Escócia pelo Whatsapp?! Eu acho fantástico dos Romances de Época é que normalmente as mulheres são à frete do seu tempo, mas eu gosto mesmo dos personagens masculinos dessa série, deu pra perceber a dúvida até…
      Beijos, May.

      Curtir

  3. Se eu gostei? Amei! Fico muito feliz por você ter me convidado para fazer a tag. Amei suas respostas e achei lindo o que você falou sobre O Conde Enfeitiçado (assino embaixo). Realmente Julia Quinn cria personagens espetaculares, fica difícil de escolher um só. O último livro foi emocionante justamente nesse ponto de levar o leitor a conhecer um pouco mais do futuro dessa família e mostrar como o amor é fundamental na estrutura familiar. Não só o amor, mas a união, confiança, compreensão e carinho ❤ E sim! Como o final de Hyancinth é agoniante, tive vontade de gritar XD haha mas realmente ela acabou tendo uma filha muito semelhante a ela, mas devo confessar que me aliviei lendo o segundo epílogo pq deu uma dó! Obrigada mais uma vez e não hesite em mechamar..quando o assunto é romance de época ou os Bridgertons pode chamar!
    Bjuuuus! e lindo blog!

    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    Curtir

    1. Oi, Eloise!!!
      Eu fiquei muito feliz que você respondeu! De vez em quando vejo suas fotos nos perfis da editora e sempre fico espantada com como vc cria seus cenários, tudo tão lindo! Ontem mesmo eu disse quando relacionado aos romances de época ou aos Bridgertons sempre estou disponível, ou quando tem haver com Loretta Chase (ai meus deus, sou louca de paixão), Sarah MacLean é outra coisa…
      Muito obrigada, Eloise, pela visita e por ter respondido a tag. Suas respostas me fizeram lembrar de tantas coisas que eu tinha deixado passar… O divertido é isso, poder relembrar.
      Beijos, May.

      Curtir

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s