Resenhas

Resenha: Dois garotos se beijando, de David Levithan, e as 5 razões para ler este livro

Olá Contagiantes!!

Hoje venho trazer a vocês mais uma resenha, só que desta vez eu resolvi fazer um pouco diferente. Vou falar um pouco do livro e a resenha vai se constituir em 5 razões para você ler este livro.

51in7cjghvl-_sx326_bo1204203200_

Dois Garotos Se Beijando

David Levithan

Ano: 2015 / Páginas: 224
Editora: Galera Record

“Harry já beijou Craig tantas vezes, mas este é diferente de todos os beijos que vieram antes. Eles estavam se beijando com um objetivo, mas o objetivo não era eles; era o beijo em si. Eles não estavam usando o beijo para manter o amor vivo, mas estavam usando a amizade para manter o beijo vivo.

Harry beija Craig e sente que há uma coisa maior do que os dois bem ao redor daquele ato. Ele não estica a mão para alcançar essa coisa, ainda não. Mas sabe que está ali. E isso o torna diferente de qualquer outro beijo que eles já deram antes. Ele sabe disso imediatamente.”

Eu não sei por que eu demorei tanto para ler esse livro. Já era fã do David Levithan, mas este livro foi para o Top 5 de livros da vida. É um livro tão diversificado, que trata de tantas coisas de forma magnífica! Então vamos às 5 razões para ler este livro.

WP_20170321_10_49_19_Pro

1 – Harry e Craig são um dos focos do livro, eles já foram um casal, mas hoje não são mais, ainda assim eles estão se beijando e estão determinados a quebrar o Record mundial de beijo mais longo, tudo isso como um tipo de manifestação por um amigo que apanhou por ser gay.

2 – Peter e Neil são um casal, eles também se beijam. Já Peter e Neil vão ter de lidar com outros assuntos, como a questão de se assumir para os pais.

3 – Avery e Ryan acabaram de se conhecer, seus cabelos coloridos os atraíram de primeira, cada qual procurando alguém tão diferente e especial quanto a si mesmo. Mas Avery tem que contar a Ryan um segredo, precisa contar a ele que é transexual, mesmo com medo de sua reação.

4 – Cooper não forma casal com ninguém, ele é viciado na internet, em aplicativos de relacionamento, gosta de atiçar outros caras, mas nunca os encontra pessoalmente. Cooper tem de lidar com todos seus sentimentos sozinho, ele procura formas para continuar a vida, talvez ele não encontre nenhuma.

5 – A narração, no início eu fiquei meio confuso quanto a quem estava narrando, mas depois fui me acostumando, até que ao final, eis que temos uma grande surpresa, e nossa… eu até fiquei sem palavras, sem reação com o tiro que levei.

É sério, leiam este livro. Um livro com lições para a vida de vocês, fora ser uma leitura muito boa.

Bjão

Roh.

Anúncios

2 thoughts on “Resenha: Dois garotos se beijando, de David Levithan, e as 5 razões para ler este livro”

  1. Um amigo me indicou esse livro. Esse e “Cartas de Amor aos Mortos”.
    Achei interessante os 5 motivos para ler. Sinto falta da presença de casais gays na literatura.
    Tanto em livros quanto em filmes, geralmente quando aparecem são orara sofrer o pão que o Diabo amassou, um ser hetero ou casado e no final alguém morre.

    Ps. Indico “Como Esquecer-Anotaçoes Quase Inglesas”. Indico o filme que foi baseado no livro também “Como Esquecer”. Um filme brasileiro que é um dos meus preferidos.

    Abraços! 😉

    Curtir

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s