Resenhas

Antes de ser feliz com alguém, seja feliz sozinha… P$%&@!

Querida leitora,

Não se engane, eu não irei passar a mão na sua cabeça enquanto você chora por algum cafajeste que não te merece e nunca te mereceu. Eu irei fazer de tudo para reerguê-la das cinzas, encontrar sua alto-estima e desbravar seu lado selvagem. É claro que alguns conselhos serão necessários, mas nada de palavras suaves. Palavras suaves não combinam com a nossa protagonista de hoje, ela é dura e direta. Libertina, língua afiada e saltos “foda-me”. Aqui vão alguns comentários sobre O juiz, de Katherine Laccom’T:

O juiz
Site (impresso) | Amazon (e-book)

Como vocês sabem, estou aproveitando minha assinatura de Kindle Unlimited com os livros da Katherine Laccom’T. Eu li a Trilogia Saints e, assim que terminei, fui atrás de outras coisas da autora e me deparei com uma série mais antiga, chamada Secret Garden. Devo confessar que eu não estava esperando muito coisa e, de certa forma, eu tinha razão. Fiquei com o primeiro livro na minha cabeça, pois ele prega de forma bem drástica vários preceitos que eu tento levar para a minha vida. Enquanto que me decepcionei bastante com a continuação (outro casal), já que ele prometia ser incrível.

Sexo é liberdade, minha gente! Libertem-se das opressões e tabus do “não-pode”, pode sim! Foder é necessário para conquistar a tão sonhada felicidade.

O que eu amo nesse livro é que a autora construiu uma protagonista incrível, falha e divertida. Madison é o tipo de pessoa que praticamente prega a palavra da mulher liberta da ideologia “dona de casa”. Ela é convincente em seus argumentos, pois utiliza das próprias fracassadas experiências para auxiliar outras mulheres. Ao mesmo tempo, ela ainda não superou os seus problemas de relacionamento, e este é o principal ponto de conflito na história de amor dela com o juiz Noah.

Ah, sim, toda mulher deveria saber que é sexy, e usar isso ao seu favor. Você, minha querida, você mesma que está lendo, é sexy demais, só tem que descobrir como desabrochar esse seu lado felino.

Gente, vocês não entendem o quão divertido é esse livro! Primeiro, começa com ela e o Noah já brigando e, logo em seguida, ela passa a contar a história de como descobriu a traição do noivo. Menina de cidade pequena, sonho de ser a perfeita dona de casa, descobre o noivo traindo ela com a prima dele, que pode ser irmã… Porque, típico, cidade pequena todo mundo sabe os podres de todo mundo. A mulher chora, chora, chora. Chega ao ponto de segurar uma lâmina para se matar e, então, pensa:

Que porra eu vou fazer? Eu não devo morrer porque um canalha me traiu. Quem tem levar uma lição é o filha da puta!

Ela meio que se, desculpe a palavra, embuceta. Troca o estilo, revela seu outro lado, e é condenada pelas senhorinhas da igreja. Ela fica louca, sai contando os podres de todo mundo cidade afora, arruma suas coisas e parte para a cidade grande. Ela vai tentar a vida e a vida vai tentá-la. Se depara com uma vaga de emprego interessante, barwoman em um clube exclusivo, chamado Secret Garden. Pode não ter experiência, mas ela quer experimentar coisas novas e que lhe desafiem. Um conselho aqui, outro ali. É assim que ela vira a conselheira das ‘mulheres desesperadas’, como Noah chama as mulheres aconselhadas pela charlatã Mad.

Noah parece um copo de whisky. Assim que percebe minha presença, sorri e eu derreto. Mulher é um bicho idiota mesmo.

Nem sempre seus conselhos darão certo, há mulheres que simplesmente não querem mudar e nem ver o buraco em que estão. Mulheres que vivem na expectativa de que seus homens estão passando por uma fase, que é porque tem algo ruim acontecendo no trabalho ou na família dele, que irão deixar a esposa logo, que a culpa de alguma forma é delas. Algumas escutam, já que é para isso que Mad está lá por elas, mas outras não querem ouvir de forma alguma. Elas querem que Madison diga a elas que estão certas, que devem esperar…

Querida, a Bíblia não diz que sexo oral a levará ao inferno. Mas diz que o divórcio a levará. Então, chupe o seu marido, chupe gostoso, pratique com uma banana, cubra os dentes com os lábios para não machucar o pau dele. Porque se for para ir para o inferno, pelo menos vá satisfeita e chupando seu marido.

Eu disse que ela era direta. Eu gosto muito desse quote porque podemos ver que ela não descarta as crenças das outras mulheres, mas sim as adapta. Ela escuta e responde em seu estilo distinto, que me levou às gargalhadas muitas vezes. Seus conselhos não deixam de coincidir com muitas das frases prontas que ouvimos a vida toda, mas se fosse para chegar a mim, eu preferiria do jeito cômico e bruto com que Mad fala. Tem gente que precisa de um empurrão em vez de um tapinha suave. E, também, há pessoas que precisam perceber sozinhas, como é o caso do Noah…

Não nos convêm falar sobre o Noah nesta resenha, ele é simplesmente o figurante gostoso aqui…

E, para finalizar, eu gostaria de poder dizer a vocês que leiam esse livro, principalmente, se estiverem na bad. O seu namorado te largou? Leia. Está se sentindo a coisa mais feia do universo? Leia. Cansada daquele macho que não te valoriza? Leia. Você é do tipo que não consegue ficar sozinha? Leia. Você está atrás de uma leitura divertida, com personagens engraçados e um lindo final feliz? Leia.

Beijos, May.

Anúncios

4 thoughts on “Antes de ser feliz com alguém, seja feliz sozinha… P$%&@!”

  1. EU NA VIDA (que a minha ex não leia isso)!
    “Ela é convincente em seus argumentos, pois utiliza das próprias fracassadas experiências para auxiliar outras mulheres. Ao mesmo tempo, ela ainda não superou os seus problemas de relacionamento…”

    Parece ser bem divertido, peguei na sua resenha alguns pontos que me identifiquei bastante rs

    “Sexo é liberdade, minha gente! Libertem-se das opressões e tabus do ‘não-pode’, pode sim! Foder é necessário para conquistar a tão sonhada felicidade.” ❤❤❤❤

    Ele tem em livro físico?

    Curtido por 1 pessoa

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s