Resenhas

Meus dias com você, Clare Swatman

Neste mês eu fiz uma escolha diferente de resenha, saindo um pouco da fantasia, das aventuras e magias para me aventurar com o amor com o romance de Clare Swatman, Meus dias com você.

Meus Dias Com Você

Clare Swatman
Ano: 2017 / Páginas: 311
Editora: Arqueiro

Amazon | Saraiva | Skoob

Eu preciso destacar logo de cara o quanto esse romance me surpreendeu logo no início, um livro que eu recebi e que já imaginei aqueles romances clichês acabou me mostrando que o romance pode ter sim seus plots interessantes e sair da mesmice sem ousar tanto.

Meus dias com você já começa com a protagonista Zoe em um funeral, funeral esse que descobrimos ser de seu marido. Mas pera aí, um romance e já começa com a morte do amor da vida dela, “como pode isso, mds.” E então logo 4 meses se passam e, ainda em seu luto, Zoe tem um acesso de raiva e sai para o jardim e destrói as flores das quais seu marido tanto cuidava com afinco, Zoe cai, bate a cabeça e desmaia.

IMG_20170828_192259169_HDR

Então começamos o primeiro capítulo, os quais são intitulados com datas. Zoe acorda meio atordoada, sem entender onde está, ela lembra apenas de que estava no jardim arrancando as plantas e que havia caído, ela demora um pouco para entender onde está, tem uma leve lembrança do lugar, é seu quarto, seu quarto na casa de seus pais. Ela não entende, até que percebe, aquele é o dia em que ela vai sair de casa e ir para a faculdade, nesse primeiro capítulo estamos em 1993.

É meio confuso no início, até por que Zoe também está confusa com o que está acontecendo a ela e nós vamos entendendo conforme ela também vai. Zoe está, de alguma forma, de volta ao dia em que foi para a faculdade, ela está revivendo aquele momento do passado e não sabe como nem o porquê.

Zoe então percebe que aquele primeiro dia na faculdade não é apenas isso, é também o dia em que ela conhece o seu grande amor, seu marido que faleceu. Zoe fica nervosa e sem saber direito como lidar com isso, ela aproveita o momento para rever o marido pelo qual ainda está de luto, com todo o cuidado, pois sabe como tudo se desenrola e com o receio de estragar todo o futuro.

IMG_20170828_192324454_HDR

Com essa pegada de volta no tempo, o romance ganha um plot sensacional, diferenciado, onde Zoe vai acordar cada dia em uma data diferente do seu passado, todas elas relacionadas com os dias mais importantes da sua vida com o seu marido, revivendo o primeiro beijo, a primeira decepção e outros momentos grandiosos, tentando interferir no mínimo possível para não mudar muito do futuro, mas desta vez, mais madura, sabendo o futuro, ela pretende mexer um pouco com algumas coisas, tentar fazer diferente e melhorar alguns erros, quem sabe assim ela é capaz de mudar o destino e salvar a vida de seu marido.

Roh

Anúncios

4 comentários em “Meus dias com você, Clare Swatman”

  1. Quem me dera poder voltar ao passado mesmo que seja para rever alguém que já não sta mais ao meu lado apesar que também deve ser bem dolorido. Ou então para arrumar alguma bagunça que fiz e me arrependo, o problema é que mexer no passado causa problemas no futuro. Uma decisão difícil.

    Curtir

Gostou? Não gostou? Deixe seu comentário, vamos ficar muito felizes em respondê-lo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s