Leitor Contagiante, Livros, Resenhas

Resenha: Carry On: ascenção e queda de Simon Snow, de Rainbow Rowell

Olá, sumidxs!

Já dizia aquele ditado: quem é vivo não quebra. Certo? Ou seria vaso ruim sempre aparece? Eu sempre me confundo. Que seja! Hoje eu vim aqui conversar com vocês sobre uma história de bruxos adolescentes, numa escola de bruxaria escondida dos humanos normais, com dois protagonistas homens e uma sabichona a tiracolo.

É isso mesmo que vocês estão pensando: Continue lendo “Resenha: Carry On: ascenção e queda de Simon Snow, de Rainbow Rowell”

Anúncios
Livros, Resenhas

Resenha: Cada homem é uma raça, de Mia Couto

wp_20170306_10_09_04_pro

Olá, contagiante!

Hoje resolvi conversar sobre um livro incomum para os padrões aqui do blog. Trata-se de uma obra com onze histórias curtas, portanto, por questões práticas, vou falar brevemente sobre cada uma delas, dispondo-as por ordem de preferência. Não é da história que menos gostei à que mais gostei. Mas da que gostei casualmente à que gostei ferozmente.

É um texto escrito num formato diferente, em prosa, não sei se vão gostar.

Aqui vai: Continue lendo “Resenha: Cada homem é uma raça, de Mia Couto”

Eventos, Livros

Bloco dos Contagiantes

bloco.jpg

Olá, Carnavalesco!

Para aproveitar esse climão de festas sapucaísticas, decidi pôr o Bloco dos Contagiantes para sambar na cara do tédio e apresentar a você 10 livros que podem ser lidos nesse feriado maroto que a gente tanto adora desprezar — mas na verdade ama!

Sinta-se à vontade para fazer suas próprias sugestões nos comentários e compartilhar com a gente as melhores dicas para quem não está muito a fim de cair de boca na Sapucaí, mas que não dispensa uma boa diversão. Combinado? Então, vamos lá! Continue lendo “Bloco dos Contagiantes”

Livros, Resenhas

Resenha: Clube da luta, de Chuck Palahniuk

6tag-37862134-963951883223915642_37862134

Quando você percebe que o hábito de leitura se tornou corriqueiro na sua vida, é sinal de que consumir livros se transformou numa atividade tão comum quanto consumir filmes, por exemplo, ou praticar um instrumento musical.

No caso dos filmes, você geralmente assiste a películas medianas, que no mais das vezes servem para você passar o tempo livre. No entanto, existem alguns filmes aos quais você assiste que simplesmente te deixam maravilhado. Isso demora a acontecer, é claro, mas, quando acontece, faz você ficar extasiado por várias horas depois que o filme termina. Continue lendo “Resenha: Clube da luta, de Chuck Palahniuk”