Resenhas

Resenha: Love is, de Puuung

Olá, leitores!

Ao mesmo tempo que acredito que o amor é um processo, já me apaixonei instantaneamente por dezenas de livros. Dando prosseguimento a esse terrível histórico, bati os olhos em Love is, um livro que mostra que o amor é cotidiano e cresce a cada dia, e selei o negócio. Com mais calma, me encantei com a capa e depois com o pseudônimo da autora e, por fim, fechei o pedido ao saber que haveriam dezenas de ilustrações sobre o amor. Quer saber uma coisa? Não me arrependi.

Continue lendo “Resenha: Love is, de Puuung”

Doramas, Literatour

5 DRAMAS GAYS QUE VOCÊ PRECISA VER

Oi, pessoas, tudo bem?

Meu nome é Karla Nayene, sou fisioterapeuta recém-graduada (Amém!), e acredito que pelo título do post vocês perceberam que eu vim falar de um tema diferente do usual do blog. Há alguns dias, minha melhor amiga, vulgo Mayara Tashiro, me procurou pedindo para que eu escrevesse sobre 5 séries de TV asiáticas com temática gay e eu, claro, não pude recusar o convite. Continue lendo “5 DRAMAS GAYS QUE VOCÊ PRECISA VER”

Doramas

Goblin: The Lonely and Great God

Olá, dorameiros*!

*se você não é um, em breve será.

Estranho que eu nunca tenha falado de nenhum dorama no blog, já que eu só tenho três grandes vícios: ler, comprar e assistir dramas sul-coreanos. Eu tinha me planejado para falar de Goblin: The Lonely and Great God na sexta passada, mas aí surgiram algumas questões em quanto e escrevia essa “resenha”. Tais questões resultaram no texto Quero falar de Goblin, mas vocês precisam saber primeiro o que é dorama!, onde explano sobre o que é esse tal de dorama e um pouquinho, pouco mesmo, sobre a cultura coreana.

3975426d4c078ec51ca77d3c618b32787e27c37d_hq
Também quero um abraço, Oppa! (I Hear Your Voice, 2013)

Contudo, ficou uma situação no ar: eu iria cumprir minha promessa e escrever sobre este drama maravilhoso que me fez finalmente publicar algo sobre aqui no Silêncio Contagiante? Afinal, raramente cumpro minhas metas. Para meu espanto, as mídias do blog se agitaram com o primeiro texto, até houveram pedidos de resenha mensal ou de dramas específicos. Esse movimento me deixou feliz e extasiada para continuar. 

Continue lendo “Goblin: The Lonely and Great God”