Lançamentos

Lançamentos Rocco | Maio – 2019

Olá, leitores!

Dei uma sumida básica do blog, e tenho um excelente motivo: não consigo largar Lady Killers! Bem, não é um motivo tão bom assim, mas estou me divertindo muito com as assassinas em série. Contudo, dei uma pausa na leitura para mostrar a vocês os lançamentos de maio da editora Rocco. Tem um aqui que vocês irão bater o olho e lembrar de mim. Vamos ver quem acerta primeiro?

Continue lendo “Lançamentos Rocco | Maio – 2019”

Resenhas

Resenha: Clube da Luta Feminista, de Jessica Bennett

Olá, leitores!

Parece que ele só quer te explicar algo rapidinho [que você já sabe]? Repete tudo o que você diz? Fica com o crédito das tuas ideias? Ele te interrompe no meio de uma reunião? Pede para você pegar o cafezinho e fazer as anotações da reunião? Você é vista como arrogante, esquentada, dramática et cetera ao agir da mesma forma que um colega homem? Você se sente menos qualificada e mais insegura, começa a se perguntar se você tem direito a um lugar na mesa, não consegue defender um projeto ou mesmo pedir aquele aumento muito merecido… O problema é que você é mulher e precisa se armar para enfrentar o mercado de trabalho, melhor, se armar contra o patriarcado que te desmerece por algo completamente fora do seu controle.

Continue lendo “Resenha: Clube da Luta Feminista, de Jessica Bennett”

Lançamentos

Lançamentos Rocco | Março – 2019

Olá, leitores!

Março está terminando, eu sei. Contudo, não vamos deixar de falar dos lançamentos do mês, né? A editora Rocco tirou o mês para dar continuidade em três séries aclamadas de Literatura Fantástica voltadas para o público jovem — ou para quem quiser lê-las. A lista é curtinha, mas tem nomes de peso e livros que eu quero muito ler. Segue os lançamentos para vocês babarem junto comigo:

Continue lendo “Lançamentos Rocco | Março – 2019”

Lançamentos

Lançamentos Rocco | Janeiro e fevereiro – 2019

Olá, leitores! Vamos conhecer os lançamentos da editora Rocco?

Quem acompanha a página do Facebook, já está por dentro dos lançamentos. Se você não acompanha, não tem problema, vamos conferir agora o quê lançou em janeiro e o quê será lançado em fevereiro. Afinal, queremos estar por dentro das novidades e chorando com o aumento da nossa lista infinita de compras de livros.

Continue lendo “Lançamentos Rocco | Janeiro e fevereiro – 2019”

Livros

RESENHA – Lucas e Nicolas, Gabriel Spits

Lucas-e-Nicolas

Olá pessoal, precisei vir aqui correndo para falar com vocês, pois eu aproveitei esse feriadão para adiantar algumas leituras, e uma delas (que acabei agorinha) foi um dos lançamentos da Fábrica 231, selo da editora Rocco: Lucas e Nicolas.

Lucas e Nicolas é o romance de estreia do autor paulista Gabriel Spits. Somente nisso já temos duas coisas: livro de estreia e autor nacional, eu já tive ótimas experiências com livros de estreia de autores, mas sempre é um terreno desconhecido em que pretendemos entrar com livros de estreia, haha. Já com a questão do autor nacional, eu não tive tão boas experiências, mas Lucas e Nicolas foi um caso incomum. Fiquei sabendo sobre quando mediei o evento da Fanáticos Rocco aqui em Manaus e ele me deixou curioso. Sou um fã de livros com temática Gay e, sabe, uma hora os livros do David Levithan já lançados acabam, rsrs. Com o conhecimento deste curioso livro, a pitada de ele ser nacional, e eu poder ver como alguém poderia retratar este tema aqui em nosso país, instigou mais ainda a leitura. Foi pedido certo, esperei chegar o meu exemplar e assim que chegou eu o iniciei.

lucas e nicolas

Lucas e Nicolas

Gabriel Spits

R$ 22,40 até R$ 29,50

Ano: 2016 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Fábrica 231

“Aparentemente, eles têm pouco em comum: Lucas não tem talento para o esporte, mas é um gênio na escola. Sua vida social é nula, mas nas redes sociais se vira bem; Nicolas é o fortão da turma, bonito, popular. Suas notas são vergonhosas, mas nos esportes ele se destaca. Suas dúvidas irão uni-los; suas certezas podem ser desastrosas. Em seu romance de estreia, o paulista Gabriel Spits pinta um retrato honesto, cativante e bem-humorado da adolescência nos dias de hoje. Lucas e Nicolas é um romance sobre amizade e homossexualidade, amor e descobertas na fase mais conturbada da vida. Perfeito para fãs de Will & Will, de John Green, e dos livros de David Levithan, entre outros romances do segmento young adult.”

O livro acontece em uma cidade do interior de São Paulo, o que é algo que já trás esse tema para uma realidade mais próxima de nós brasileiros do que os já conhecidos livros estrangeiros de mesmo tema. Com suas 272 páginas, o livro é muito cativante. Mas vamos por partes, pois o livro é dividido em quatro delas: as partes abrangem os pontos de vistas dos personagens, o que o faz bem mais interessante, já que podemos ver que muitas vezes as coisas não são o que aparentam ser. Temos a parte do Lucas, a do Nicolas, a do Lucas e Nicolas e a do Lucas, Nicolas, Matheus e Laís.

Começamos o livro conhecendo o Lucas, que é uma pessoa cheia de amigos… no facebook. Muitos likes e comentários, amigos apenas online e pessoas de outras cidades e estados, até mesmo sua ex-namorada de outro país! Um de seus amigos mais próximos é Matheus, que mora na capital e vive chamando Lucas para ir à São Paulo para se conhecerem; é com Matheus que Lucas mais conversa. Sim, mas na sua vida real, fora da internet, Lucas não tem nenhum amigo, não é como os outros jovens de sua turma, é considerado CDF e usa uma franja, apenas isso já basta para ser taxado de o gayzinho da escola. Taí algo que já é comum em nossa realidade. Lucas não dá pinta de gay, não só por que não tem jeito de gay, mas também tentando evitar certas coisas como ouvir um rock quando está na rua enquanto gosta mesmo é de Lady Gaga. Lucas sofre muito bullying tanto na escola quanto nas ruas, no caminho para casa, por exemplo, outros alunos ficam gritando coisas ofensivas enquanto ele passa. Para completar chega na escola um aluno novo, o Nicolas. Vindo da capital São Paulo e faixa preta em caratê (marrom na verdade), alto, forte e loiro, Lucas vê que Nicolas é o tipo boy magia mesmo, mas que não passa de um machão cabeça oca.

lucasnicolas

É aí que entramos nos capítulos de Nicolas. Nicolas não estava indo bem na escola quando morava na capital, por isso teve de se mudar para essa nova cidade e viver com o seu pai. Podemos ver como Nicolas na verdade está lidando com toda essa mudança, cidade nova, sem amigos, com um pai divorciado e alcoólatra, Nicolas tem que mostrar que é forte e independente, que pode ajudar o pai em casa, ir bem nas aulas e se dedicar ao esporte no qual quer seguir carreira. Ele teve de aprender a se defender sozinho, deixar de ser alvo dos valentões e acabou tomando para si a imagem de valentão para justamente se proteger dos mesmos. Vai logo se tornando popular na escola, todos querem ser amigos de Nicolas e todas as garotas querem ficar com ele.

Os caminhos de Lucas e Nicolas começam a se cruzar quando Nicolas precisa de aulas de reforço e o coordenador da escola designa Lucas para ajudá-lo com duas aulas por semana para revisar o assunto na casa de Lucas. Com isso eles vão começar a se conhecer e se desentender mais ainda.

É na ultima parte que os dois personagens coadjuvantes, Matheus e Laís, ganham mais destaque. O destino os coloca juntos em uma aventura bem divertida e sem noção. Matheus, que veio da capital para visitar Lucas e Laís, que tenta encontrar um grupo onde se encaixe.

“Existe felicidade off-line, afinal”

É incrível como o livro retrata bem o bullying que jovens gays sofrem em nossa realidade atual, que bem aos pouquinhos vem sendo mudada. É um livro que não trata de dúvidas sobre quem você é, e sim sobre as certezas e as consequências que elas podem tomar. Uma leitura ótima e leve que retrata a dura realidade, Lucas e Nicolas cativa e emociona. Não diria que desejo uma continuação, gostei do final e acredito que a história deles foi contada. Se fosse para pedir algo eu iria gostar muito era de conhecer a história de Matheus e de Laís, pois mesmo sendo personagens que pouco aparecem são personagens bastante carismáticos, Matheus com suas gírias gays que tornam tudo mais divertido e Laís com suas certezas e determinações e seu olhar mais critico.

Com isso fica essa dica aí para vocês de leitura, abraços e até a próxima!

Roh

Lançamentos, Livros

O que teve na minha estante esse mês #14… de dezembro e janeiro!

O Que Teve na Minha Estante Esse Mês...

Olá,

Sabe aquele momento em que você percebe quantos livros novos estão na sua estante?! Mas sente que eles brotaram do nada?! Estou com essa sensação! Ao mesmo tempo que percebi que nenhum deles chegaram por impulso, e isso traz uma imensa satisfação do controle que estou conseguindo ter. A maior parte desta conquista está na minha maior adesão aos e-books e ao serviço do Kindle Unlimited, falo mais sobre isto no post Kindle Unlimited: O que é? Quanto custa? E que diferença isso faz na sua vida (ou na minha)?. Também, por incrível que pareça, estou me desfazendo de vários livros e gibis que tenho em casa. Desfazer talvez não seja a palavra correta, mas estou dando os livros para um sistema de rodízio que uma amiga da faculdade montou. A maioria dos livros nunca foram lidos (muito triste!) e agora eles estão tendo oportunidade de encontrar bons leitores dispostos.

Livros

Quando eu mostro os lançamentos do mês das editoras parceiras, eu já solicitei os que eu gostaria de ler. Acho que nunca cheguei a dizer quais foram pedidos, mas sempre posto uma foto do que chegou no meu Instagram (@may_tashiro). Como o Felipe é o que está mais disponível, sempre intercalamos quem vai resenhar o quê e quais livros vamos solicitar no tal mês. Acho que acabo me aproveitando da boa vontade dele

No mês de novembro, eu acabei cedendo ao meu lado artístico e solicitei Jardim Secreto, que no momento está em fase de projeto e pretendo falar sobre isso no final do mês, e o Felipe se deixou guiar pela sua criança nerd interior e ficou de resenhar O estranho caso do Yoda de origami, que ele adorou e você pode conferir a resenha aqui.

Jardim Secreto e O estranho caso do Yoda de Origami

Jardim Secreto – Johanna Basford

Bem-vindo ao meu mundo secreto!

Faça um passeio por estes lindos jardins e se aventure em uma caça ao tesouro tão fascinante que todos os seus problemas ficarão para trás. As ilustrações ricas em detalhes estão só esperando por você para ganhar vida.

Divirta-se procurando as diversas criaturas escondidas nestas páginas. Complete os espaços em branco, escolha suas cores preferidas, faça seus próprios esboços e crie um universo deslumbrante onde não há lugar para o estresse.

Jardim secreto é um livro para todas as idades, que nos permite esquecer as adversidades do dia a dia através dos desenhos e que busca trazer à tona o artista que existe em cada um de nós.

O Estranho Caso do Yoda de Origami – Tom Angleberger

DOUG É UM GAROTO MUITO, MUITO ESTRANHO.

Ele sempre faz coisas esquisitas, como usar a mesma camiseta durante um mês, dançar feito maluco e se deitar no chão da biblioteca. Isso é constrangedor, principalmente para Tommy, que passa o recreio com ele todos os dias.

Por outro lado, Doug faz uma coisa muito legal: origamis. Um belo dia, ele cria um dedoche de origami do Yoda, o sábio personagem da saga Guerra nas estrelas. E aí tem início um grande mistério.

O Yoda de Origami prevê o futuro e sempre sabe como lidar com uma situação difícil. Seus conselhos funcionam mesmo e logo a maioria dos alunos da escola está fazendo fila em busca de soluções para seus problemas.

Tommy não entende como o Yoda de Origami pode ser tão sagaz se o Doug é tão sem noção. Será que o Yoda está usando a Força? Tommy precisa resolver esse mistério antes de aceitar seu conselho sobre uma garota.
Este é o relatório que Tommy preparou ao investigar O estranho caso do Yoda de Origami. Para torná-lo imparcial, ele incluiu os comentários de Herbert, um colega que nunca acreditou no Yoda de Origami. Também pediu a opinião de Kevin, que só fez uns rabiscos em volta do texto. Veja como ficou!

Seguindo a pegada nerd, os livros de janeiro não foram escolhas imprevisíveis. O Vláxio, que é uma apaixonado por cinema, ficou encantado com Uma casa no meio do caminho – história que foi utilizada na publicidade do filme Up! Altas Aventuras – e logo seguiu para um livro steampunk, A corte do ar. Ambos serão resenhados ainda este mês.

IMG-20150203-WA0001Uma casa no meio do caminho – Barry Martin e Philip Lerman

Um enorme shopping estava prestes a ser construído na cidade americana de Seattle, mas no meio do terreno havia a casinha de Edith Wilson Macefield, uma velhinha durona que estava decidida a não arredar pé dali. Quando o responsável pela obra, Barry Martin, foi conversar com ela, todos acreditaram que iria convencê-la a mudar de ideia. Mas estavam redondamente enganados.
Nesta emocionante e singela história real — que serviu de inspiração para uma campanha de divulgação do filme Up: Altas aventuras —, Barry conta como nasceu a inusitada amizade entre ele e Edith, e as lições de vida que aprendeu com ela.

A corte do ar – Stephen Hunt

Quando a órfã Molly Templar testemunha um assassinato brutal no bordel onde foi colocada como aprendiz, seu primeiro instinto é correr de volta para o orfanato em que cresceu. Ao chegar lá e encontrar todos os seus amigos mortos, percebe que ela era o verdadeiro alvo, pois seu sangue contém um segredo muito cobiçado pelos inimigos do Estado.

Enquanto isso, Oliver Brooks é acusado pela morte do tio, seu único familiar, e forçado a fugir na companhia de um misterioso agente da Corte do Ar. Perseguido pelo país, Oliver se vê cercado de ladrões, foras da lei e espiões, e pouco a pouco desvenda o segredo que destruiu sua vida.

Molly e Oliver são confrontados por um poder antigo que se julgava destruído há milênios e que agora ameaça a própria civilização. Seus inimigos são implacáveis e numerosos, mas os dois órfãos terão a ajuda de um formidável grupo de amigos nesta aventura cheia de ação, drama e intriga.

Eu não sou uma pessoa natalina, mas gosto do Natal como qualquer outra criança em que se perdeu o verdadeiro sentido da comemoração. Os presentes sempre são o alvo dessa época. Eu ganhei livros incríveis e maravilhosos dos meus mais que incríveis e maravilhosos amigos. Além de que ganhei o meu Kindle das minhas amadas tia e mãe, depois de encher o saco pelo o quê? Dois anos?!

Uma família felizUma família feliz – David Safier

A família Wünschmann não é feliz. A livraria da mãe, Emma, está à beira da falência; o pai, Frank, trabalha muito mais do que deveria; a filha adolescente, Fee, foi reprovada no colégio, e o caçula, Max, está apaixonado por uma garota que mergulha sua cabeça na privada da escola.

Para completar, depois de uma festa à fantasia, uma bruxa resolve enfeitiçar todos eles e transforma Emma em uma vampira, Frank em Frankenstein, Fee em uma múmia, e Max em lobisomem.

Eles precisarão percorrer meio mundo para descobrir como desfazer o feitiço. No caminho, vão se ver frente a frente com monstros, vampiros, lagartos gigantes, motoqueiros e até o Drácula em pessoa, que vai tentar jogar seu charme irresistível para cima da mamãe Emma.

Quem disse que é fácil ser uma família feliz?

O destruidor de corações – Vi Keeland

Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo.

Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata… e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle.

Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda… para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.

SAMSUNG CSCTabuleiro dos deuses – Richelle Mead

Justin March, um investigador de religiões charmoso e traiçoeiro, volta para a República Unida da América do Norte (RUAN), após um misterioso exílio. Sua missão é encontrar os responsáveis por uma série de assassinatos relacionados com seitas clandestinas. Sua guarda-costas, Mae Koskinen, é linda, mas fatal. Membro da tropa de elite do exército, ela irá acompanhar e proteger Justin nessa caçada. Aos poucos, os dois descobrem que humanos são meras peças no tabuleiro de poderes inimagináveis.

Outlander: A libélula no âmbar – Diana Gabaldon

Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo… E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.

O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

E não podia faltar o Amigo Secreto Arqueiro com os mediadores da Arqueiro e Saída de Emergência. Quem me tirou foi a Fernanda Araújo, do Caçadora de Livros, e ela me enviou O Rei!!! Sim, sou louca varrida por Irmandade da Adaga Negra ❤ Muuuuuito obrigada, Fê!

O ReiO Rei – J.R. Ward

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma furiosa guerra entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça.

Depois de recusar seu trono por séculos, Wrath finalmente assumiu o manto de seu pai – com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Enquanto a guerra com a Sociedade Redutora continua, e a ameaça vinda do Bando de Bastardos está prestes a acontecer, Wrath é forçado a fazer escolhas que colocam em risco tudo e a todos.

Beth Randall pensou que sabia em que estava se metendo quando ela se relacionou com o último vampiro puro-sangue no planeta: não seria nada fácil. Mas quando ela decide ter um filho, percebe que não está preparada para a resposta de Wrath – ou o afastamento que essa decisão criaria entre eles.

A questão é: o amor verdadeiro vencerá… ou será derrotado pelo passado sombrio?

e-Books

Eu comprei somente dois e-books nesses dois meses, mas em compensação emprestei vários no Kindle Unlimited. Li mais da metade dos que foram emprestados, e – caramba – não me decepcionei com nenhum! E ler no Kindle é uma experiência incrível, torna a leitura mais fluída e mais dinâmica. Eu já tinha o costume de ler e-books no celular e pelo aplicativo para computadores da Amazon e a tela do meu notebook é daquelas que não reflete, mas mesmo assim eu senti uma qualidade enorme do e-reader. Ainda estou testando alguns aspectos que são importantes do aparelho e, depois dos 30 dias de experimentar o Kindle Unlimited, continuei pagando pelo serviço.

Esses foram os dois livros que eu comprei, Mentirosos em dezembro e Transcendece em Janeiro. Não vou nem colocar a sinopse de Mentirosos, vamos pular essa parte e ler a resenha aqui! E Transcendence em breve ganhará resenha também, esperem um pouquinho que até semana que vem eu posto.

Trilogia Irmãos Bennett, de Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Primeiro, pretendo fazer uma super resenha de todos os livros que li da Flávia Cunha. Segundo, eu conheci a Flávia na Bienal e  ela me vendeu de forma tão divertida Jacob que, na primeira oportunidade que tive, li o livro e o resto da trilogia em um piscar. Sim, eles são cowboys. Sim, eles vivem numa pequena cidade do Texas. Sim, tem sexo e até umas coisas tipo hummm… Mas eu adorei, fiquei encantada com os personagens principais e secundários. Chorei. Eu tenho um coração! E me emocionei, mesmo que tenha achado tudo muito previsível.

Um anjo ao amanhecerTrilogia Irmãs Campbell: Um anjo ao amanhecer – Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Serena Campbell nasceu cega, porém parece enxergar muito mais que as outras pessoas, graças a um dom especial. Quando começa a ter sonhos inquietantes com Noah Carter, o xerife de Springville, ela se dispõe a ajudá-lo… E com esse reencontro tentar convencê-lo de que merece ser feliz!.

No passado Noah Carter desprezou Serena Campbell por ela ter vislumbrado tanto de sua vida miserável. Agora um adulto, ele precisa acreditar no dom Serena para salvar alguém que ama e ao mesmo tempo manter-se longe o bastante para não cair em tentação!

De todos os personagens secundários d’A trilogia dos irmãos Bennett, Serena sempre me chamou muita atenção. Fiquei super feliz de saber que a escritora estava escrevendo um spin-off com as irmãs Campbell, até comentei com a escritora que meu coração estava Springville e é lá que eu acho que se guarda as melhores estórias.

Trilogia Irmãos Angelis, de Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Eu adoro livros com anjos, mas me senti completamente enganada com essa trilogia. Os irmãos Angelis não são anjos, não no sentido divino, o que dá para se entender é que eles seriam nefilins, mas em nenhum momento essa palavra é usada. E eles nem sabem que, provavelmente, o pai é um anjo que desertou pelo amor de sua vida, a mãe deles. A estória é ambientada no Rio de Janeiro e é bonita, mas eu ainda sou mais as estórias de Springville.

Chantagem – Nana Pauvolih

Cara, eu não tenho coragem de colocar a capa desse livro aqui! Mas quem tiver a curiosidade de ver –> Capa de Chantagen.

Nana Pauvolih já está rondando pela internet faz alguns anos, mas eu só vim notar essa escritora incrível quando comecei a vasculhar por e-books na Amazon. Ela faz o maior sucesso com uma série chamada Segredos na loja virtual, mas seu livro Redenção de um cafajeste está um pré-venda pelo selo novo da Rocco, Fábrica 231.

Sobre Chantagem, é uma estória pesada. Deixa qualquer um dos Cinquenta Tons no chinelo… Entendeu a pegada?! Os personagens são bem trabalhados, há uma mistura perfeita entre amor, ódio e superação sem aquela coisa piegas demais. Nem preciso, mas irei dizer do mesmo jeito que amei!

“Olívia está passando por momentos difíceis. Tem uma filha pequena, um marido doente e muitas dívidas para pagar. Além disso, está sendo ameaçada por agiotas e cada vez mais se sente sufocar, sem conseguir resolver seus problemas. Até que reencontra um homem do passado, meio irmão de seu marido, que nunca os perdoou pelo que fizeram com o pai dele. É rico e pode ajudá-la, mas faz uma proposta que pode corrompê-la: dinheiro em troca de sexo. Em meio a chantagens e vingança, Olívia encontrará o ódio e o amor na figura de um homem do seu passado.”

Proibida para mim (Série New York, Vol. 01) – Elizabeth Bezerra

“Quando Neil Durant socorre Jennifer Connor durante um assalto em uma noite fria ele não sabe que sua vida mudará para sempre. Descobrir que a jovem é cega é uma surpresa para ele. Neil está preso em um casamento de conveniência e sabe que Jennifer é totalmente proibida para ele. O correto é afastá-la de seu mundo sujo, mas o destino insiste em aproximá-los cada vez mais. Passado e futuro se entrelaçam de forma surpreende e os dois se veem mergulhados em uma paixão incandescente.”

Bem, esse livro me fez chorar litros. Tipo, o livro inteiro! Eu fiquei tão apaixonada pelo enredo, pelo casal principal e todos os outros, mas não fui cega ao fato de que era tudo tãoooo óbvio. Quando eu terminei soluçando em desespero, tive a certeza que precisava de um tempo para pegar a continuação. Sabe?! Recuperar a compostura e preparar meu coração.

E eu tenho que cometar uma única coisa que fez meu coração em fragalhos, perceber que Jennifer é proibida para Neil em um sentido muito mais tenebroso do que ele está simplesmente em um casamento de conveniência. Porque realmente essa escritora conseguiu fazer um fato grande e extremante ruim para eles não ficassem juntos, e eu preciso saber como eles irão superar isso!

E foi isso por hoje, como seu eu não estivesse montando isso há dias! E esperem que todas as resenhas sairão este mês conforme o planejado.

Beijos, May.