TAGS

|TAG| Cardápio Literário + 3 mistério

Olá!

Chegou minha vez de responder uma tag e, como eu poderia escolher, escolhi algo relacionado ao meu segundo grande amor: COMIDA! Eu sou do tipo que vive com fome, que ama comer doces e beliscar a comida antes da refeição. A única coisa que faz eu esquecer a minha vontade louca de mastigar são os livros. Por que não unir esses dois amores?

A tag foi criada pela fofa da Jessica Mendes, do blog Valeu a pena esperar, em parceria com  Alexia Oliveira, do blog Meninas Quase Invisíveis. Sobre a tag:

A TAG Cardápio Literário surgiu da ideia de fazermos algo que fosse mais amplo, que envolvesse algo do dia a dia e que fosse fácil de associar aos livros e que fosse criativa. A TAG está dividida em 4 partes: Bebidas, Comidas, Doces e uma Extra; e cada parte possui 4 opções (ou seja, é uma TAG longa porém muito divertida que pode ser postada no blog como uma lista, com fotos ou até mesmo vídeo).

P.S.: Vou tentar responder com as minhas leituras mais atuais.

Bebidas

Chá: Aquele livro que é leve e calmo, ou que te deu sono.

SAMSUNG CSC

Começar com um romance de época, já que tenho lido muitos do gênero, e um até mais leve que o normal. The Scandalous, Dissolute, No-Good Mr. Wright é uma história curta sobre a filha de um nobre que cometeu algum erro na adolescência ao ponto de só poder ser apresentada à sociedade depois que suas três irmãs mais velhas casem.  o envolvimento desta com, é claro, um notório libertino. Não há grandes crises nem segredos, mas é um livro divertido da Tessa Dare, uma escritora que eu fiquei apegada depois de ler a série Spindle Cove que é excelente.

Café: Aquele livro que não te deixou dormir.

Café

The Madness of Lord Ian Mackenzie, de Jennifer Ashley, foi a minha mais recente insônia. Livro indicado pela Maraíse, do blog Menina da Bahia, conta a estória de Ian Mackenzie, um excêntrico nobre. Ian passou muitos anos no sanatório, ele é introvertido, centrado, perfeccionista e consegue fazer coisas absurdas, quase sobre-humanas, mas um homem muito incompreendido. E também temos Beth, uma viúva pobre que de um dia pro outro ganhou uma herança. Ela é uma mulher que quer estabilidade e segurança, e para isso ela espera se casar logo, mas Ian a salva de um vigarista e logo em seguida a pede em compromisso. A melhor coisa desse livro é ver como a mente do Ian funciona, como o fato de ele não conseguir entender dualidades. O fato de ele não conseguir mentir, não conseguir ler as pessoas ou como ele se distrai com uma gota de tinta. Em suma, Lord Ian Mackenzie é autista, mas em momento algum é dito isso no livro. Como o termo ainda não tinha sido cunhado, ele é tido como louco e o apoio de Beth é indispensável na aceitação que ele tem de si.

Cachaça: Aquele livro que te deixou de ressaca.

SAMSUNG CSC

A herdeira, de Kiera Cass, ressaca braba que esse livro me deu foi por toda a conspiração que eu ficava imaginando. Sério! Muitas conspirações. Kile é um anarquista! Abaixo a monarquia!

Água: Aquele livro que foi neutro, sem muita emoção.

Louca por Você, A. C. Meyer

Louca por vocês, de A.C. Meyer, foi tão água com açucar que me decepcionou. Eu esperava muito mais desse livro. Tá okay que na maioria das vezes a garota é irritante, o caro é um machista enrustido e tem um drama meio bobo de fundo, mas nem os personagens secundários eram interessantes. Cara, a mina tinha um amigo gay com todas as letras e atitude e nem isso deixou o livro divertido!

comidas

Comida da Mamãe: Aquele livro que não se compara a nenhum outro.

Tabuleiro dos Deuses, Richelle Meed

Eu li muitos livro bons esse ano, mas eu sou uma eterna apaixonada pelos livro da Richelle Mead. Nem tudo que ela escreve é inovador, diferente e instigante. Quando comecei Tabuleiro dos deuses, esperava que fosse mais um bom livro. Só que, minha gente, que coisa incrível! É diferente do que ela tem escrito todos esses anos, ao ponto de eu nem acreditar que seja dela. E é tão bom, tão complexo. Alimenta esse meu lado que adora e aprecia a criatividade humana, aprecia autores geniais. Nesse livro ela vai brincar com a religião, várias religiões de vários períodos de tempo e até criar novas, em uma época futura onde a adoração a ícones precisa de aprovação do governo. Tal governo ver que o Declínio, um período escuro na História, foi ocasionado pela manipulação biológica, a religião e o separatismo cultural. Os deuses foram afastados da terra, expulsos e relegados a serem nada mais que misticismo sem importância, mas ao fundo vemos que os deuses estão retornando e há um pressagio de guerra entre vários panteões.

Especialidade do Chef: Aquele livro bom, bonito e caro.

O Chamado do Cuco, Robert Galbraith |J. K. Rowling|

Ele não foi tão caro, mas eu adoro essa edição de capa-dura. Além de que adoro as cores na capa e acho o conteúdo Ok.

*resenha

Beira de estrada: Aquele livro que não te fez bem.

O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard

O inferno de Gabriel é um livro bom, até acho que ele tem características incríveis. Porém, são essas mesmas características que me deixaram com um gosto ruim na boca. O romance desse livro é muito embasado, o livro todo é cheio de referências clássicas. Referências que me deixaram boiando mais da metade do livro! Em contra partida, é um livro que me acrescentou bastante coisa. Um livro que me levou a investigar e não simplesmente passar por cima, mas ainda acho que tem muita coisa nele que eu não consegui captar.

*resenha

Fast-food: Aquele livro que todo mundo gosta mas nem sempre é bom.

Vou fazer uma lista básica, mas não quer dizer que eu não goste dos livros.

  1. Cinquenta tons de cinza (E.L. James de escritora tem nada);
  2. Crepúsculo (Stephanie Meyer cuspiu um dicionário); e,
  3. After (sem estrutura).

Como eu disse antes, não quer dizer que eu não goste, mas que são muito mal escritos.

doces

Torta: Aquele livro que possui uma capa bonita mas nem sempre um bom conteúdo.

81e+nzgxWkL._SL1500_

Pra mim, O circo da noite tem uma das capas mais lindas que já vi, mas de conteúdo… Faz anos que comprei o livro e foi pela capa, a estória parecia muito boa também, mas foi super decepcionante. Nunca consegui terminar esse livro.

Trufa: Aquele livro pequeno que te surpreendeu.

Half Lies é tipo um 0.5 da série Half Bad, eu terminei e não pude acreditar que tinha acontecido aquilo mesmo. Quando caiu a ficha foi impossível de segurar as lágrimas, parecia que alguém que eu amo tivesse morrido. Essa é uma das qualidades da Sally Green, ela te deixa tão envolvido que é impossível não ter uma reação profunda.

*resenha

Mousse: Aquele livro extremamente doce.

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo, Benjamin Alire Sáenz

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo não é um livro enjoativo, ele é como o melhor mousse de chocolate belga que você vai comer na sua vida. Ele está na medida certa para fazer o leitor se apaixonar e nunca mais esquecer. É meu amor pelo Ari e o Dante que torna esse livro tão doce.

Bis: Aquele livro com gosto de quero mais.

Segredos de uma noite de verão

Estou me segurando para não ler o resto da série, o próximo é só em janeiro, mas toda vez que olho pra ele penso em adiantar a leitura da série em ebook mesmo…

*resenhado

EXTRA

Fruta: Aquele livro que faz bem mas nem todo mundo quer.

Selva de gafanhotos banner resenha

Vamos parar com o preconceito literário e ler de uma vez Selva de Gafanhotos. Ri faz bem pra alma, ménage e fim do mundo também!

*resenhado

E aí, gostaram? Eu indico o Ademar, do blog Cooltural, que é um exímio cozinheiro. Responda você também, no seu blog ou nos comentários mesmo. Se você tem o problema de gordice literária, sinta-se acolhido!

Beijos, May.

Anúncios
Lançamentos, Livros

O que teve na minha estante esse mês #14… de dezembro e janeiro!

O Que Teve na Minha Estante Esse Mês...

Olá,

Sabe aquele momento em que você percebe quantos livros novos estão na sua estante?! Mas sente que eles brotaram do nada?! Estou com essa sensação! Ao mesmo tempo que percebi que nenhum deles chegaram por impulso, e isso traz uma imensa satisfação do controle que estou conseguindo ter. A maior parte desta conquista está na minha maior adesão aos e-books e ao serviço do Kindle Unlimited, falo mais sobre isto no post Kindle Unlimited: O que é? Quanto custa? E que diferença isso faz na sua vida (ou na minha)?. Também, por incrível que pareça, estou me desfazendo de vários livros e gibis que tenho em casa. Desfazer talvez não seja a palavra correta, mas estou dando os livros para um sistema de rodízio que uma amiga da faculdade montou. A maioria dos livros nunca foram lidos (muito triste!) e agora eles estão tendo oportunidade de encontrar bons leitores dispostos.

Livros

Quando eu mostro os lançamentos do mês das editoras parceiras, eu já solicitei os que eu gostaria de ler. Acho que nunca cheguei a dizer quais foram pedidos, mas sempre posto uma foto do que chegou no meu Instagram (@may_tashiro). Como o Felipe é o que está mais disponível, sempre intercalamos quem vai resenhar o quê e quais livros vamos solicitar no tal mês. Acho que acabo me aproveitando da boa vontade dele

No mês de novembro, eu acabei cedendo ao meu lado artístico e solicitei Jardim Secreto, que no momento está em fase de projeto e pretendo falar sobre isso no final do mês, e o Felipe se deixou guiar pela sua criança nerd interior e ficou de resenhar O estranho caso do Yoda de origami, que ele adorou e você pode conferir a resenha aqui.

Jardim Secreto e O estranho caso do Yoda de Origami

Jardim Secreto – Johanna Basford

Bem-vindo ao meu mundo secreto!

Faça um passeio por estes lindos jardins e se aventure em uma caça ao tesouro tão fascinante que todos os seus problemas ficarão para trás. As ilustrações ricas em detalhes estão só esperando por você para ganhar vida.

Divirta-se procurando as diversas criaturas escondidas nestas páginas. Complete os espaços em branco, escolha suas cores preferidas, faça seus próprios esboços e crie um universo deslumbrante onde não há lugar para o estresse.

Jardim secreto é um livro para todas as idades, que nos permite esquecer as adversidades do dia a dia através dos desenhos e que busca trazer à tona o artista que existe em cada um de nós.

O Estranho Caso do Yoda de Origami – Tom Angleberger

DOUG É UM GAROTO MUITO, MUITO ESTRANHO.

Ele sempre faz coisas esquisitas, como usar a mesma camiseta durante um mês, dançar feito maluco e se deitar no chão da biblioteca. Isso é constrangedor, principalmente para Tommy, que passa o recreio com ele todos os dias.

Por outro lado, Doug faz uma coisa muito legal: origamis. Um belo dia, ele cria um dedoche de origami do Yoda, o sábio personagem da saga Guerra nas estrelas. E aí tem início um grande mistério.

O Yoda de Origami prevê o futuro e sempre sabe como lidar com uma situação difícil. Seus conselhos funcionam mesmo e logo a maioria dos alunos da escola está fazendo fila em busca de soluções para seus problemas.

Tommy não entende como o Yoda de Origami pode ser tão sagaz se o Doug é tão sem noção. Será que o Yoda está usando a Força? Tommy precisa resolver esse mistério antes de aceitar seu conselho sobre uma garota.
Este é o relatório que Tommy preparou ao investigar O estranho caso do Yoda de Origami. Para torná-lo imparcial, ele incluiu os comentários de Herbert, um colega que nunca acreditou no Yoda de Origami. Também pediu a opinião de Kevin, que só fez uns rabiscos em volta do texto. Veja como ficou!

Seguindo a pegada nerd, os livros de janeiro não foram escolhas imprevisíveis. O Vláxio, que é uma apaixonado por cinema, ficou encantado com Uma casa no meio do caminho – história que foi utilizada na publicidade do filme Up! Altas Aventuras – e logo seguiu para um livro steampunk, A corte do ar. Ambos serão resenhados ainda este mês.

IMG-20150203-WA0001Uma casa no meio do caminho – Barry Martin e Philip Lerman

Um enorme shopping estava prestes a ser construído na cidade americana de Seattle, mas no meio do terreno havia a casinha de Edith Wilson Macefield, uma velhinha durona que estava decidida a não arredar pé dali. Quando o responsável pela obra, Barry Martin, foi conversar com ela, todos acreditaram que iria convencê-la a mudar de ideia. Mas estavam redondamente enganados.
Nesta emocionante e singela história real — que serviu de inspiração para uma campanha de divulgação do filme Up: Altas aventuras —, Barry conta como nasceu a inusitada amizade entre ele e Edith, e as lições de vida que aprendeu com ela.

A corte do ar – Stephen Hunt

Quando a órfã Molly Templar testemunha um assassinato brutal no bordel onde foi colocada como aprendiz, seu primeiro instinto é correr de volta para o orfanato em que cresceu. Ao chegar lá e encontrar todos os seus amigos mortos, percebe que ela era o verdadeiro alvo, pois seu sangue contém um segredo muito cobiçado pelos inimigos do Estado.

Enquanto isso, Oliver Brooks é acusado pela morte do tio, seu único familiar, e forçado a fugir na companhia de um misterioso agente da Corte do Ar. Perseguido pelo país, Oliver se vê cercado de ladrões, foras da lei e espiões, e pouco a pouco desvenda o segredo que destruiu sua vida.

Molly e Oliver são confrontados por um poder antigo que se julgava destruído há milênios e que agora ameaça a própria civilização. Seus inimigos são implacáveis e numerosos, mas os dois órfãos terão a ajuda de um formidável grupo de amigos nesta aventura cheia de ação, drama e intriga.

Eu não sou uma pessoa natalina, mas gosto do Natal como qualquer outra criança em que se perdeu o verdadeiro sentido da comemoração. Os presentes sempre são o alvo dessa época. Eu ganhei livros incríveis e maravilhosos dos meus mais que incríveis e maravilhosos amigos. Além de que ganhei o meu Kindle das minhas amadas tia e mãe, depois de encher o saco pelo o quê? Dois anos?!

Uma família felizUma família feliz – David Safier

A família Wünschmann não é feliz. A livraria da mãe, Emma, está à beira da falência; o pai, Frank, trabalha muito mais do que deveria; a filha adolescente, Fee, foi reprovada no colégio, e o caçula, Max, está apaixonado por uma garota que mergulha sua cabeça na privada da escola.

Para completar, depois de uma festa à fantasia, uma bruxa resolve enfeitiçar todos eles e transforma Emma em uma vampira, Frank em Frankenstein, Fee em uma múmia, e Max em lobisomem.

Eles precisarão percorrer meio mundo para descobrir como desfazer o feitiço. No caminho, vão se ver frente a frente com monstros, vampiros, lagartos gigantes, motoqueiros e até o Drácula em pessoa, que vai tentar jogar seu charme irresistível para cima da mamãe Emma.

Quem disse que é fácil ser uma família feliz?

O destruidor de corações – Vi Keeland

Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo.

Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata… e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle.

Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda… para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.

SAMSUNG CSCTabuleiro dos deuses – Richelle Mead

Justin March, um investigador de religiões charmoso e traiçoeiro, volta para a República Unida da América do Norte (RUAN), após um misterioso exílio. Sua missão é encontrar os responsáveis por uma série de assassinatos relacionados com seitas clandestinas. Sua guarda-costas, Mae Koskinen, é linda, mas fatal. Membro da tropa de elite do exército, ela irá acompanhar e proteger Justin nessa caçada. Aos poucos, os dois descobrem que humanos são meras peças no tabuleiro de poderes inimagináveis.

Outlander: A libélula no âmbar – Diana Gabaldon

Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo… E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.

O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

E não podia faltar o Amigo Secreto Arqueiro com os mediadores da Arqueiro e Saída de Emergência. Quem me tirou foi a Fernanda Araújo, do Caçadora de Livros, e ela me enviou O Rei!!! Sim, sou louca varrida por Irmandade da Adaga Negra ❤ Muuuuuito obrigada, Fê!

O ReiO Rei – J.R. Ward

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma furiosa guerra entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça.

Depois de recusar seu trono por séculos, Wrath finalmente assumiu o manto de seu pai – com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Enquanto a guerra com a Sociedade Redutora continua, e a ameaça vinda do Bando de Bastardos está prestes a acontecer, Wrath é forçado a fazer escolhas que colocam em risco tudo e a todos.

Beth Randall pensou que sabia em que estava se metendo quando ela se relacionou com o último vampiro puro-sangue no planeta: não seria nada fácil. Mas quando ela decide ter um filho, percebe que não está preparada para a resposta de Wrath – ou o afastamento que essa decisão criaria entre eles.

A questão é: o amor verdadeiro vencerá… ou será derrotado pelo passado sombrio?

e-Books

Eu comprei somente dois e-books nesses dois meses, mas em compensação emprestei vários no Kindle Unlimited. Li mais da metade dos que foram emprestados, e – caramba – não me decepcionei com nenhum! E ler no Kindle é uma experiência incrível, torna a leitura mais fluída e mais dinâmica. Eu já tinha o costume de ler e-books no celular e pelo aplicativo para computadores da Amazon e a tela do meu notebook é daquelas que não reflete, mas mesmo assim eu senti uma qualidade enorme do e-reader. Ainda estou testando alguns aspectos que são importantes do aparelho e, depois dos 30 dias de experimentar o Kindle Unlimited, continuei pagando pelo serviço.

Esses foram os dois livros que eu comprei, Mentirosos em dezembro e Transcendece em Janeiro. Não vou nem colocar a sinopse de Mentirosos, vamos pular essa parte e ler a resenha aqui! E Transcendence em breve ganhará resenha também, esperem um pouquinho que até semana que vem eu posto.

Trilogia Irmãos Bennett, de Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Primeiro, pretendo fazer uma super resenha de todos os livros que li da Flávia Cunha. Segundo, eu conheci a Flávia na Bienal e  ela me vendeu de forma tão divertida Jacob que, na primeira oportunidade que tive, li o livro e o resto da trilogia em um piscar. Sim, eles são cowboys. Sim, eles vivem numa pequena cidade do Texas. Sim, tem sexo e até umas coisas tipo hummm… Mas eu adorei, fiquei encantada com os personagens principais e secundários. Chorei. Eu tenho um coração! E me emocionei, mesmo que tenha achado tudo muito previsível.

Um anjo ao amanhecerTrilogia Irmãs Campbell: Um anjo ao amanhecer – Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Serena Campbell nasceu cega, porém parece enxergar muito mais que as outras pessoas, graças a um dom especial. Quando começa a ter sonhos inquietantes com Noah Carter, o xerife de Springville, ela se dispõe a ajudá-lo… E com esse reencontro tentar convencê-lo de que merece ser feliz!.

No passado Noah Carter desprezou Serena Campbell por ela ter vislumbrado tanto de sua vida miserável. Agora um adulto, ele precisa acreditar no dom Serena para salvar alguém que ama e ao mesmo tempo manter-se longe o bastante para não cair em tentação!

De todos os personagens secundários d’A trilogia dos irmãos Bennett, Serena sempre me chamou muita atenção. Fiquei super feliz de saber que a escritora estava escrevendo um spin-off com as irmãs Campbell, até comentei com a escritora que meu coração estava Springville e é lá que eu acho que se guarda as melhores estórias.

Trilogia Irmãos Angelis, de Lady Graciosa (Flávia Cunha)

Eu adoro livros com anjos, mas me senti completamente enganada com essa trilogia. Os irmãos Angelis não são anjos, não no sentido divino, o que dá para se entender é que eles seriam nefilins, mas em nenhum momento essa palavra é usada. E eles nem sabem que, provavelmente, o pai é um anjo que desertou pelo amor de sua vida, a mãe deles. A estória é ambientada no Rio de Janeiro e é bonita, mas eu ainda sou mais as estórias de Springville.

Chantagem – Nana Pauvolih

Cara, eu não tenho coragem de colocar a capa desse livro aqui! Mas quem tiver a curiosidade de ver –> Capa de Chantagen.

Nana Pauvolih já está rondando pela internet faz alguns anos, mas eu só vim notar essa escritora incrível quando comecei a vasculhar por e-books na Amazon. Ela faz o maior sucesso com uma série chamada Segredos na loja virtual, mas seu livro Redenção de um cafajeste está um pré-venda pelo selo novo da Rocco, Fábrica 231.

Sobre Chantagem, é uma estória pesada. Deixa qualquer um dos Cinquenta Tons no chinelo… Entendeu a pegada?! Os personagens são bem trabalhados, há uma mistura perfeita entre amor, ódio e superação sem aquela coisa piegas demais. Nem preciso, mas irei dizer do mesmo jeito que amei!

“Olívia está passando por momentos difíceis. Tem uma filha pequena, um marido doente e muitas dívidas para pagar. Além disso, está sendo ameaçada por agiotas e cada vez mais se sente sufocar, sem conseguir resolver seus problemas. Até que reencontra um homem do passado, meio irmão de seu marido, que nunca os perdoou pelo que fizeram com o pai dele. É rico e pode ajudá-la, mas faz uma proposta que pode corrompê-la: dinheiro em troca de sexo. Em meio a chantagens e vingança, Olívia encontrará o ódio e o amor na figura de um homem do seu passado.”

Proibida para mim (Série New York, Vol. 01) – Elizabeth Bezerra

“Quando Neil Durant socorre Jennifer Connor durante um assalto em uma noite fria ele não sabe que sua vida mudará para sempre. Descobrir que a jovem é cega é uma surpresa para ele. Neil está preso em um casamento de conveniência e sabe que Jennifer é totalmente proibida para ele. O correto é afastá-la de seu mundo sujo, mas o destino insiste em aproximá-los cada vez mais. Passado e futuro se entrelaçam de forma surpreende e os dois se veem mergulhados em uma paixão incandescente.”

Bem, esse livro me fez chorar litros. Tipo, o livro inteiro! Eu fiquei tão apaixonada pelo enredo, pelo casal principal e todos os outros, mas não fui cega ao fato de que era tudo tãoooo óbvio. Quando eu terminei soluçando em desespero, tive a certeza que precisava de um tempo para pegar a continuação. Sabe?! Recuperar a compostura e preparar meu coração.

E eu tenho que cometar uma única coisa que fez meu coração em fragalhos, perceber que Jennifer é proibida para Neil em um sentido muito mais tenebroso do que ele está simplesmente em um casamento de conveniência. Porque realmente essa escritora conseguiu fazer um fato grande e extremante ruim para eles não ficassem juntos, e eu preciso saber como eles irão superar isso!

E foi isso por hoje, como seu eu não estivesse montando isso há dias! E esperem que todas as resenhas sairão este mês conforme o planejado.

Beijos, May.

Livros, Resenhas

‘Lendo e Relendo’ Mentirosos – E. Lockhart

Mentirosos

BEM-VINDO À bela família Sinclair.

Ninguém é criminoso.

Ninguém é viciado.

Ninguém é um fracasso.

Cadence Sinclair Eastman, Mentirosos.

Essa será uma resenha curta. Sim, Curtíssima! Pois só há um fato importante: quanto menos você souber, melhor será sua leitura. Porém, se, ainda assim, você quiser saber um pouco do que se trata Mentirosos e qual a minha opinião, não serei eu que lhe impedirei. Mas, realmente, espero que nada seja esclarecido…

Mentirosos, E. LockhartOs Sinclair são o modelo da família tradicional americana: ricos, bonitos e loiros. O queixo sempre erguido, pois nada os abala. Eles nunca erram, nunca fazem drama ou são menos do que perfeitos. Durante o verão, a família se reune em uma ilha particular próxima à costa de Massachusetts, onde cada uma das três filhas do patriarca tem sua própria casa. Uma ilha perfeita, com casas perfeitas e pessoas perfeitas.

Cadence Sinclair Eastman – Cade –, seus primos Jhonny e Mirren, e o amigo Gat são os ‘Mentirosos‘. Cade e seus primos sempre passam os verões na ilha, porém, desde os 8 anos, com a chegada de Gat, eles se tornaram inseparáveis. Mas, e sempre há um mas, no Verão dos 15 anos, Cade sofre um misterioso acidente que a faz ter dores de cabeça alucinantes e perda de memória seletiva.

Devido ao tal acidente, Cade é mantida afastada da ilha e dos Mentirosos por dois anos. Quando ela retorna à ilha, ela quer recuperar as memórias do verão dos quinze e sobre seu acidente, mesmo que nem sua família e nem os Mentirosos queiram lhe revelar a verdade.

A escrita de E. Lockhart está recheada de metáforas fortes, que farão você precisar reler para entender que Cade – a narradora – não quis dizer literalmente alguns fatos. E essas metáforas trazem um impacto incrível para estória, deixando os sentimentos em carne viva. Além disso, E. Lockhart é direta. Não há rodeios – não mais do que o essencial, pelo menos –, e existe uma fluidez entre os acontecimentos que dinamiza a leitura do texto. Bem no estilo de você lê e nem sente o tempo passar.

Você pode conjecturar, durante a leitura, várias teorias. Ou pode até ter a resposta certa, mas achar que ela não está correta e logo descartá-la. Eu fui surpreendida, acho que nem devo comentar qual a minha reação… Isso já seria por si só um superspoiler! Com certeza, é um livro incrível, maravilhoso e todos os adjetivos entre bom e magnânimo que possam existir. Se você ler, saberá que não estou exagerando!

E pra você que já leu e quer conversar urgentemente sobre o livro, a editora Seguinte tem um fórum de discussão e convida os leitores – somente os que leram – a participarem. Além disso, a editora tem um site muito legal para os fãs Mentirosos. É sempre bom dar uma olhadinha por lá para se inspirar a ler o livro.

www.editoraseguinte.com.br/mentirosos/

Beijos, May.

P. S.: Este livro foi indicado pelo Allison Andrade, do canal Allison7Potter, e completa o item 17 do 2015 Reading Challenge.

Lançamentos

[NEWS] Seguinte e os resquícios da Bienal do Livro de São Paulo

Seguinte e as vendas na Bienal

Desde que a Bienal terminou, e até mesmo antes de terminar, algumas editoras vinham se vangloriando do percentual de vendas obtido e quais exemplares ganharam super destaque na feira este ano. Então, por que não repassar aos que não foram uma ideia do que foi a Bienal do Livro? É por isso que eu volto a escrever hoje, depois dessas merecidas férias, mas retorno em breve com minhas impressões da Bienal e os livros que entraram na minha estante!

Quem acha que a Seguinte é só Kiera Cass, está quase certo! Kiera Cass foi, com certeza, um dos pontos altos da Bienal. E quem não a conhecia, ou não conhecia A Seleção, acabou levando o seu exemplar para casa. Isso refletiu bastante nas vendas no estande da Companhia de Letras, ao qual o selo Seguinte está integrado. E para os fãs, Kiera fez o anúncio de mais dois livros, para a então trilogia A Seleção. E a editora confirmou a publicação de ambos, e mais um livro, Diário da Seleção. Nele, os fãs da série encontrarão uma atividade relacionada aos livros para cada dia do ano.

Quem roubou a cena foi – o lindo e depressivo – Carta de Amor aos Mortos. Foi o livro mais vendido no estande da Companhia das Letras! Em nota: “O romance é narrado através de cartas que a protagonista, Laurel, envia para ídolos como Kurt Cobain e Amy Winehouse, visando desabafar sobre a morte da irmã, a família despedaçada e a mudança de colégio. O livro será adaptado para o cinema pelos mesmos produtores de A culpa é das estrelas”. Só podemos esperar que a adaptação seja maravilhosa, e ler, quem não o leu.

A editora ainda anunciou seus futuros lançamentos: Voos e sinos e misteriosos destinos, de Emma Trevayne; Mundo novo, de Chris Weitz; e, Mentirosos, de E. Lockhart. Mas que título é esse: Voos e sinos e misteriosos destinos? Tem uma melodia própria! A capa por si só é uma obra de arte! E se não fosse por tudo isso, a sinopse dá o gosto perfeito para querer saber mais!

Voos e Sinos e Misteriosos Destinos

VOOS E SINOS E MISTERIOSOS DESTINOS
Emma Trevayne
Nesta fábula moderna, com gosto das aventuras clássicas que encantam os jovens leitores há tantos anos, conhecemos a história de Jack Foster, um garoto de dez anos que, como qualquer um da sua idade, sonhava viver grandes aventuras. Ele morava em Londres mas estudava em um colégio interno, voltando para casa apenas nas férias, quando ficava completamente entediado.
Mas, um certo dia, Jack atravessa uma porta mágica e, do outro lado, encontra uma cidade ao mesmo tempo muito parecida e muito diferente daquela que conhecia. Em Londinium, apesar de reconhecer as ruas e prédios, ele encontra um cenário steampunk, com engrenagens e fuligem por todos os lados. Por ali era raro encontrar alguém que não tivesse nenhuma parte do corpo feita de metal. E era justamente isso que a Senhora – uma mulher rígida e temperamental que governava a cidade desde sempre – buscava: um filho de carne e osso.
Jack logo descobre que aquele lugar era extremamente perigoso, e que voltar para casa não seria tão fácil quanto tinha sido chegar até ali…

Foi isso por hoje, ajudem o blog comentando e divulgando nas redes sociais!

Beijos, May.

#LeituradaSemana, Livros, Resenhas

‘Lendo e Relendo’ A Seleção, Kiera Cass.

Banner A SeleçãoFonte: Blog Reticências.

Olá,

Depois de muito mimimi… Decidi ler A Seleção. Como vai ter evento aqui em Manaus, eu não vou pagar de poser. Mas já posso ir adiantando que me arrependo de não ter lido antes, talvez não tanto já que eu iria ter que esperar um certo tempo pela continuação. E nessa espera eu ia acabar pirando. Ou perdendo o ritmo! Essa semana eu decidi ler toda a trilogia, e quem quiser saber um pouco mais de como está indo tudo isso: entre no meu perfil ou na página do blog para acompanhar.


Título: A Seleção

Série: The Selection

Autor (a): Kiera Cass

Editora: Seguinte (Companhia das Letras)

Páginas: 386

Ano: 2012

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.

Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.” Sinopse via Skoob.


Sobre Illéa, o sistema de castas e A Seleção…

Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, após a 4ª Guerra Mundial, e mais recentemente a Illéa, um país jovem divido em castas que vive sobre uma monarquia, a Seleção é uma competição que reúne trinta e cinco mulheres entre dezesseis e vinte anos para competir pelo príncipe e a coroa.

Após a 4ª Guerra Mundial, as pessoas que tinham mais posses doaram para reestruturação do país. Assim surgiu o sistema de castas, aqueles que mais contribuíram se tornaram casta DOIS ou TRÊS, enquanto que aqueles que estavam afrente do projeto se tornaram UM, a realeza. Illéa vive sobre esse sistema rígido, e há 8 castas. Sendo que aqueles com mais poder e mais riquezas são UM e os mais pobres são OITO, funciona de forma decrescente. Cada casta tem seu lugar para a sociedade, seus atributos. Por exemplo, a casta CINCO é constituída de artista. E a SEIS de serviçais. Há um grande abismo social entre as castas, muita desigualdade e fome nas castas inferiores (CINCO, SEIS, SETE e OITO).

Diferente do que nós vemos por aí, os príncipes de Illéa se casam com plebeias quando atingem a maior idade. A explicação é  que é para elevar a alta-estima do país. Para selecionar a futura rainha acontece uma competição conhecida como A Seleção, tudo muito Reality Show. Trinta e cinco mulheres são selecionadas, e devem se mudar para o castelo que sofre vários ataques rebeldes e competir pela atenção do príncipe. As últimas dez se tornam A Elite, que é quando elas começam a aprender os ofícios de uma princesa até o ponto em que o príncipe faça sua escolha final.


A Seleção (o livro)

America Singer é uma garota normal até certo ponto, tem dezessete anos, pertence a casta CINCO, uma excelente cantora (mesmo sem eu nunca a ter ouvido cantar), toca inúmeros instrumentos e fala três idiomas. Concordo que há músicas magnificas em francês. Bem, ela tem um namorado secreto (como quase a maioria das meninas). Mas Aspen pertence a casta SEIS, e a mãe de America é bem enfática sobre o fato de que ela almeja que seus filhos subam na vida e de casta.

A vida de America muda quando uma carta chega a sua casa anunciando A Seleção. Claro que America quer continuar com o amor da sua vida, mas a mãe dela tem outros planos. Mesmo America já tendo em mente se inscrever para A Seleção, após Aspen a convencer (achei ele muito altruísta), ela deixa a mãe pensar que cedeu aos seus caprichos e consegue tirar o lucro dela de suas apresentações solo. No fim, America pensou que nunca seria selecionada, muitas meninas competindo e o que deveria ser um sorteio não é bem um sorteio, mas uma disputa de quem tem os melhores contatos e atributos.

Óbvio que ela é selecionada, tendo recentemente rompido com Aspen e o dinheiro que sua família ganhará em sua ausência como grandes motivadores para ela participar. Ela tinha em mente permanecer o máximo possível, mas não estando na competição em si. América pensa muitas coisas ruins do príncipe Maxon, considerando-o arrogante e mimado, ela não quer o príncipe e nem a coroa. Mas as coisas mudam quando ela o conhece…Maxon não é nada do que América esperava, ele não tem um pingo de tato com as mulheres, é tímido, bonito, educado, engraçado e um pouco sarcástico sobre si mesmo.

America começa a se aproxima do príncipe e se encanta com ele, e ele com ela. Se tornam amigos logo e ela promete lhe ajudar a encontrar uma boa esposa, mas as coisas mudam de rumo e disputar sua atenção com trinta e quatro mulheres e o seu trabalho vai ser um grande desafio. E seu coração ainda bati celerado por Aspen, aparentemente ele nunca vai sair de sua mente e nem o amor que ainda sente por ele de seu coração.


Minha opinião…

Primeiro, ainda não sei se devo torcer para o Aspen ou o Maxon…

Eu gostei muito do livro, achei que a estória é fantástica. Eu adorei o fato do Maxon querer o melhor para a America, e gostei da America ter a convicção de que o ama e que esse amor superaria tudo, até a fome. O Maxon foi uma agradável surpresa e uma grande incógnita muitas vezes durante o livro. Ele é um homem apaixonante, dedicado e sensível. Gostei da America, principalmente quando ela revelava o lado dela mais forte e capaz.

Acabei lendo o livro só de uma vez. É daqueles que você perde o tempo, fica sem noção de quanto passou e de onde você realmente está. Quando eu terminei já tinha clareado e eu fiquei embasbacada como passou tão rápido e eu mal tinha aproveitado o livro! Já comecei A Elite, o 2º volume da trilogia, e vou lê-lo com calma para prestar atenção aos detalhes.

E sim, A Seleção é um livro que eu indico. Gostaria de agradecer a todos que ficaram no meu ouvido dizendo que eu deveria ler, que eu ia amar e que era muuuuuuuuito muito-muito-muito bom.


Kiera Cass

Kiera Cass nasceu em 1981, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Formou-se em história na Universidade de Radford, na Virginia, e publicou seu primeiro livros, The Siren, em 2009, em uma edição independente. Beijou aproximadamente catorze garotos em sua vida, mas nenhum deles era um príncipe.

Contatos:

Website

Facebook

Twitter

Goodreads

Beijos, May.

 

Livros

O que teve na minha estante esse mês #10… de março.

Gente, não sei responder como consegui fazer esse estrago no mês de março…

Olá,

Março foi um mês recheado de livros novos, e também o início da temporada de eventos literários. Foi muito divertido encontrar os amigos leitores, mediar o Encontro de Leitores Convergente e o Encontro de Fãs de Romances de Época Arqueiro, conhecer novas pessoas!

Livros

– ROMANCES DE ÉPOCA EDITORA ARQUEIRO (#ArqueiroRomancesdeEpoca)

Esses são especialmente do evento Encontro de Fãs Romances de Época Editora Arqueiro, eu ganhei três da editora (foto abaixo) e os outro seis eu comprei. Já li a maioria, falta somente o 3º livro da série Os Bridgertons. Eu resenhei aqui no blog O Duque e Eu e Desejo à Meia-Noite. Esse mês de maio resenho o resto!

Depois de ter lido Um toque de Vermelho, eu virei fã da Sylvia Day com restrições. Li Eve of Darkness, primeiro livro de uma outra série sobrenatural, e amei. Mas surgiu na minha vida os Romances de Época e decidi comprar Obstinada para ver se o problema da escritora foi somente na série Crossfire, quase brinquei de Destrua este diário com os livros dessa série.

Obstinada – Georgian – Livro 01 – Sylvia Day
“Londres, 1770. Debaixo de toda a seda e renda da sociedade londrina se encontra uma organização secreta de espiões de elite. Proteger a Coroa de seus inimigos é uma tarefa árdua, mas, para Marcus Ashford, proteger seu coração de uma obstinada paixão é um perigo ainda maior. Como agente da Coroa, Marcus Ashford, o Conde de Westfield, já enfrentou inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar. Porém, nada o excita mais do que o primitivo apetite sexual de sua ex-noiva, Elizabeth. Anos atrás, ela o preteriu pelo charmoso Lorde Hawthorne. Mas agora, Marcus deve defender a elegante viúva, e o fará ao mesmo tempo em que cuida de suas outras, mais carnais, necessidades, mostrando a ela até onde vai o real desejo de um homem.” Sinopse via Skoob*

E então, eu tinha o evento de Convergente para mediar… Sabe, eu não queria ler Convergente. Mas li, e sinto uma dor horrível no peito! Eu ainda não tenho Insurgente, nenhum dos guias, nem o box dos livros em hardcover que eu comprei e nunca chegaram… Estou de braços abertos para ganhar de presente 😉

Convergente – Divergente – Livro 3 – Veronica Roth
“A sociedade baseada em facções, na qual Tris Prior acreditara um dia, desmoronou – destruída pela violência e por disputas de poder, marcada pela perda e pela traição. No poderoso desfecho da trilogia Divergente, de Veronica Roth, a jovem será posta diante de novos desafios e mais uma vez obrigada a fazer escolhas que exigem coragem, fidelidade, sacrifício e amor. Livro mais vendido pela Amazon no segmento infantojuvenil em 2013, Convergente chega ao Brasil em meio à expectativa pela estreia de Divergente nos cinemas, em abril. A série segue no topo na lista de bestsellers do The New York Times.” Sinopse via Skoob*

A editora Novo Século tem um selo tanto quanto recente voltado para a publicação de escritores nacionais, e é claro eu adoro fuçar no Facebook e acompanhar os lançamentos. E foi assim que me deparei com o livro Mediador e o mistério da ceifa, da Bruna Figueira. Fiquei meio louca com a sinopse, o livro é a minha cara. Mas se não fosse pela sinopse espetacular, eu teria comprado do mesmo jeito por causa do preço magnifico. E como não sou má, comprei dois. Um para mim e um para sortear na page.

Mediador e o mistério da ceifa – Bruna Figueira
“A vida de Christine decorria normalmente até ela presenciar um acidente que causa a morte de uma garotinha. E, durante a movimentação para salvá-la, ela vê em meio à multidão o ser que trará uma reviravolta em sua vida por definitivo – um homem envolto em uma intensa aura, de olhos prateados. Contudo, para um Anjo da Morte, o fato de uma humana o ter visto em sua forma real é motivo de grande ameaça, e ele terá que se empenhar para eliminá-la. Levados pelo acaso, o caminho dos dois se entrelaça de tal forma que um não pode mais existir sem o outro. E, desse momento em diante, este Ceifador passará a lutar contra qualquer adversidade para proteger sua amada.” Sinopse via Skoob*

Algumas poucas pessoas sabem que eu sou fã de Anne Rice, minha fase dark foi produtiva! Eu li Entrevista com o vampiro, Lestart, A rainha dos Condenados… Já faz alguns anos, tipo uns quatro! Só que eu acabei passando para os romances mais clean, mas não esqueci a Rainha dos Vampiros. E, por intermédio do Skoob, descobri que a Anne Rice tinha uma série erótica que faz uma releitura de A Bela Adormecida, Trilogia Erótica. Obvio que eu quis os livros, e logo desisti pelo preço. Então, uma amiga do meu irmão quis me vender os livros recentemente, e eu ia recusar? Pagando 15 reais cada? Só falta o terceiro, e pagar é claro…

A Lua, uma amiga querida, fez aniversário. Eu dei de presente o livro A Misteriosa Sociedade Benedict e A Jornada Periculosa, o segundo volume da série. Aproveitei e peguei emprestado A Seleção e A Elite, da Kiera Cass. Sim, cansei de tanto #mimimi pra eu ler essa série. E é bom que o Allison Andrade confirmou que fará evento de lançamento de The One, terceiro e último livro da série, dia 24 de maio (quando houver mais informações posto aqui no blog).


Fonte: Keel’s Little Things

E eu ganhei A censura prévia ao Teatro Paulista: Um enfoque informacional da minha prima Maria de São Paulo. É um livro interessante para quem é da área da Ciência da Informação, e quem não é e for um curioso irá gostar bastante também. Eu estou lendo devagar, estou andando com ele na mochila da faculdade. É um livro pequeno e tem imagens dos documentos de censura. Eu gosto de ficar virando a capa para poder ler todos os documentos nela… Resumindo, eu pareço uma louca no ônibus. Interessante é que demorou uns 2 minutos para eu perceber que foi essa minha prima que escreveu o livro.

A censura prévia ao Teatro Paulista - Um enfoque informacionalA censura prévia ao Teatro Paulista: Um enfoque informacional
“Este livro empreende a análise da censura prévia exercida pelo Estado sobre o teatro, a partir dos documentos existentes nos prontuários que compõem o Arquivo Miroel Silveira (de documentos da censura prévia ao teatro paulista), sob o prisma do gerenciamento de informações.
O exercício do gerenciamento de informações costuma ser apresentado como atividade planejada, técnica, racional e neutra, exercida para a melhoria de processos. Já a censura é exercida por meio de processos burocráticos para a proteção do bem comum. Apesar dos objetivos diferentes, resultam na utilização de um mesmo recurso, que é a interferência no fluxo de informações – relacionadas à produção material, no âmbito das organizações, e relacionadas à produção artística, quando se trata da censura prévia. A partir daí, propusemos um estudo da censura prévia como um tipo de gerenciamento de informações.
Para isso, analisamos o processo burocrático da censura prévia ao teatro enfocando alguns casos concretos: peças censuradas entre as décadas de 1930 a 1960. Ao final foi possível verificar que o gerenciamento de informações realizado através da censura permite que o Estado se aproprie de informações sobre a produção teatral e das pessoas a ela relacionadas, puna aqueles que expressam ideias divergentes e coíba a resistência à sua ação.” Sinopse via Annablume*

e-Books

e-reader A Dama de Vermelho e o Vagabundo de Olhos AzuisA Dama de Vermelho e o Vagabundo de Olhos Azuis – Josy Stoque
“Sara Mello é uma mulher tentadora que está recomeçando sua vida após a separação. Um desafio irresistível para um conquistador sem escrúpulos como Marco Carlot. Ela ainda teme um novo relacionamento após o desastroso divórcio. Ele não se lembra mais da apaixonada Isadora que abandonou há anos. O que aconteceria se os dois se encontrassem por um acaso, em uma noite qualquer? Josy Stoque ousou imaginar neste conto erótico; uniu a dama de vermelho de “Puro Êxtase” e o vagabundo de olhos azuis de “Insensatez”, em uma explosiva narrativa de sedução e prazer sem limites. (Ambos são romances hot de sua autoria, sendo o segundo, em parceria com Gisele Galindo, autora da série Destino Íntimo). Saiba mais: http://www.josystoque.com.br/p/e-contos.html” Sinopse via Skoob*

Este conto é da escritora nacional Josy Stoque, eu já andei falando sobre ela aqui no blog. Eu já li o conto, adorei… quem gosta desse gênero (pelamor de Deus: a capa diz tudo) vai amar. Ainda mais que ela junta dois personagens de livros distintos de sua própria autoria. É um encontro marcante!

e-reader SugarSugar – Vanessa de Cássia
“Se seu vizinho lindo de morrer batesse em sua porta pedindo um copo de açúcar, o que faria? Abra a porta, e descubra o que Flora fez…” Sinopse via Skoob*

Eu estou lendo no momento esse conto, parei na segunda parte porque não dava mais para continuar… Esse conto foi uma indicação da Josy Stoque na sua page do Facebook. Não estou arrependida de comprá-lo, mas pelamordi que hot. Não sei porque tem gente que vai procurar livros eróticos nos confins do EUA para ler tendo excelentes escritoras aqui no Brasil. Grande, desperdício!

Acho que o pessoal tem que começar a explorar mais os autores nacionais, principalmente aqueles que estão tentando crescer publicando seus livros na Amazon! A Loja de Tudo é um dos livros, fala sobre a Amazon, que eu estou desejando muito de aniversário!

e-reader O MosteiroO Mosteiro – Trilogia dos Guardiões – Livro 01 – I. M. Martins
“Uma aventura cheia de mistérios antigos, sociedades secretas, crimes atrozes, magias proibidas, desejos inconfessáveis e amores impossíveis. Um segredo obscuro que atravessou três milênios deixando uma trilha de sangue, até chegar aos dias de hoje. Após a morte de seu pai, Elizabeth Blanchefort vê sua vida virar de ponta cabeça. Antes uma dedicada executiva, ela logo se torna alvo de diversas sociedades secretas que estão atrás de objetos que ela nunca achou possível existirem. Com a ajuda de Daniel de Payens, um homem lindo e enigmático, Elizabeth descobre os segredos que sua família lutou para manter escondidos durante séculos, e que podem mudar seu destino.” Sinopse via Skoob*

O Mosteiro é o primeiro volume da Trilogia dos Guardiões, de I. M. Martins. E é o primeiro livro de fantasia publicado pela Paralela, selo da Companhia de Letras. No dia do lançamento, o livro esteve liberado para download. E eu baixei o meu! Mas agora saiu o segundo volume e eu vou desembolsar um pouco mais de 9 reais para ler a continuação, um preço razoável.

Gibi, HQ e Mangá

Chico Bento Moço – N° 6: Mudanças
Eu já comentei que Chico Bento Moço virou um vício? Acho que sim! Vamos combinar de fazer de seis em seis meses um post resenha para Chico Bento Moço com as seis revistinhas publicadas. Fica melhor para mim e para vocês também! Ainda esse mês faço o primeiro post. E quem tiver um magá ou uma HQ para indicar sintam-se a vontade nos comentários!

Então, foi tudo isso por hoje (levei três dias para colocar tudo ¬¬’)!
Comentem, curtam a página e ajudem a compartilhar 😉

Beijos, May.

*links nas imagens

Livros

O Que Teve na Minha Estante Esse Mês… de Setembro #04

Oi,

Para os que não lembram, a coluna O Que Teve na Minha Estante Essa Mês é aonde eu falo sobre os livros que comprei, emprestei e ganhei durante o mês em questão. Sempre dando dicas para comprar seu exemplar mais barato ou raro com facilidade e segurança.

livros de setembro

No mês de agosto, eu me comprometi de não comprar nada devido ao exagero em julho. E no mês passado tentei me controlar e pagar as divididas. Consegui cumprir as metas e esse mês só irei comprar livros que para mim são essências! O que é um livro essencial para mim? A Casa de Hades porque irá ter evento, é uma das minhas séries juvenis favoritas e é uma continuação.

Invincible – Chronicles of Nick, Book 2 – Sherrilyn Kenyon

“Just when he thought things couldn’t get any worse… Nick Gautier’s day just keeps getting better and better. Yeah, he survived the zombie attacks, only to wake up and find himself enslaved to a world of shapeshifters and demons out to claim his soul. His new principal thinks he’s even more of a hoodlum than the last one, his coach is trying to recruit him to things he can’t even mention and the girl he’s not seeing, but is, has secrets that terrify him. But more than that, he’s being groomed by the darkest of powers and if he doesn’t learn how to raise the dead by the end of the week, he will become one of them…” Sinopse via Skoob.

A continuação de Infinity, linda em Hardcover! Ainda não tive a oportunidade de ler, mas está na lista de espera imensa que eu fiz… A coisa é: minha estante está ficando linda com essa série, só falta comprar o terceiro livro!

Cretino Irresistível – Beautiful Bastard – Livro 01

Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.” Sinopse via Skoob.

Livro curtinho com mais ou menos 250 páginas, já terminei de ler e amanhã publico a resenha!

Laços de Sangue – Bloodlines – Livro 01 – Richelle Mead

“Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger – os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável – ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono – o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.

Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com Jill e seu guardião Eddie, quando os três são matriculados como irmãos no último lugar em que qualquer um procuraria a realeza dos vampiros – a Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. Mas entre uma pizza e outra, entre um jogo de minigolfe e uma conversa sobre garotos, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo de Jill que desperta os sentimentos mais contraditórios – e proibidos – em Sydney…

O problema é que além de refletir sobre suas convicções e se preocupar com o seu coração, que anda acelerando mais do que deveria, a garota terá de encarar outros inconvenientes um pouco mais graves, como as tatuagens que viraram febre entre os alunos da escola e que parecem conferir poderes sobrenaturais a quem as usa. De que ingredientes elas eram feitas? Quem estaria por trás disso? Será que havia algum alquimista traidor entre eles? Caberá a Sidney resolver todos esses mistérios e garantir a paz entre os humanos antes que seja tarde demais.” Sinopse via Skoob.

Já está no ar a resenha de Laços de Sangue, deem uma passadinha lá para ver minhas considerações sobre o livro.

Um Toque de Vermelho – Renegade Angels – Livro 01 – Sylvia Day

“Andrian Mitchell não é um homem qualquer. Além de ser o mais sensual, elegante e charmoso dos seres, também é o grande líder de uma unidade de elite de Operações Especiais dos Serafins. Sua missão: controlar vampiros e licanos. Mas o seu encontro, depois de quase duzentos anos, com a alma da mulher que ama, no corpo da bela Lindsay, os leva a uma proibida paixão que poderá colocar tudo a perder. ” Sinopse via Skoob.

Um toque de vermelho é mais um que já tem resenha aqui no blog, os curiosos deem uma passadinha por lá e comentem!

Esse mês não houve desperdiço, de quatro livros, três foram lidos, dois já resenhados, um falta resenhar e o outro está na lista de leitura. Uma vitória! Espero que vocês tenham gostado.

Beijos, May.

Eventos

PRE – PARA(Evento): ENCONTRO DE FÃS RICHELLE MEAD – MANAUS

Banner do evento 2

Com toda a expectativa para o filme Vampire Academy: Blood Sisters, por que não reunir os fãs da Richele Mead? Então, nós estamos de encontro marcado para discutir não só sobre Academia de Vampiros, mas também sobre Bloodlines e outras séries dessa grande escritora. E para os que não a conhecem essa vai ser uma grande chance de entrar de cabeça no mundo onde o sobrenatural predomina.

E vai rolar aquele debate básico, jogos e brindes para vocês. Espero todos lá!

Local: Saraiva Megastore Manauara Shopping
Data: 13.10.2013 (Domingo)
Horário: 15hs

Eu e a Leticia Moreira estaremos a frente do evento e eu estou muito feliz de poder falar de uma escritora que eu amo de coração como eu amo a Richelle! Apareçam e confirmem na página do evento, Okay? http://migre.me/fSBS1

Beijos, May.